Conferência de empresas sustentáveis vai ocorrer pela 1ª vez no Brasil

Sustainable Brands Rio 2013 ocorrerá entre 8 e 9 de maio, no Rio de Janeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/04/2013 16:27

A conferência internacional sobre sustentabilidade empresarial, Sustainable Brands, ocorrerá pela primeira vez no Brasil, entre 8 e 9 de maio, no Rio de Janeiro. O evento apresentará cases de inovação, tecnologia e gestão sobre como as empresas constroem projetos e objetivos globais sustentáveis. Diversas marcas internacionais participarão das palestras. O evento já existe há sete anos nos Estados Unidos e, desde 2012, na Inglaterra. Além do Brasil, este ano será a primeira vez da conferência em Istambul.


Leia mais notícias do Ser Sustentável


As incrições estão abertas pelo site www.reportsustentabilidade.com.br/sustainablebrands. O valor da entrada varia de R$ 1.500 a R$ 2.950. “As empresas perceberam que, para cada problema do planeta, existe uma oportunidade de negócio”, afirma Álvaro Almeida, organizador do evento. “Elas estão empenhadas em transformar em um bom negócio as soluções para os problemas existentes”, completa. Confira a entrevista abaixo.

Report Sustentabilidade/Divulgação
Ser Sustentável – O que é o Sustainable Brands?

Álvaro Almeida – Ela é uma grande rede de pessoas interessadas em disseminar as melhores práticas de inovação em sustentabilidade; é uma plataforma digital de eventos de uma empresa de mídia, chamada Sustainable Life Media. O objetivo é construir uma rede de pessoas interessadas nos negócios sustentáveis tendo como base a oferta de informação de ponta. As principais empresas que estão dispertas do tema se conectam a essa rede e começam a frequentar não só o site, os conteúdos, os seminários na web como os eventos presenciais.

Ser Sustentável – O que é a Report Sustentabilidade, a empresa que vai trazer o evento para o Brasil?
AA
– A Report é uma empresa que tem dez anos trabalhando com sustentabilidade. Fazemos relatórios de sustentabilidade para empresas e, a partir disso, atuamos com alguns consultores na integração da sustentabilidade dentro da gestão da empresa. Acompanhamos esse evento há três anos e identificamos quanto ele poderia marcar uma tendência nova de discussão da sustentabilidade nas empresas. No ano passado, fizemos uma proposta de trazê-lo pro Brasil.

Ser Sustentável – Por que o Brasil é atrativo para esse tipo de evento?
AA
– O Brasil há mais ou menos dois ou três anos vem sendo tratado de maneira diferente no exterior e, apesar de termos muitas contradições, somos realmente uma economia emergente, com inovações no empreendedorismo. Ao produzir o evento vimos que essa questão dos novos negócios e do empreendedorismo será o espírito da conferência no Brasil. Nosso evento é para mostrar o que as empresas estão fazendo para transformar seus negócios. E, as que estão nascendo, como estão construindo as marcas do futuro.

Ser Sustentável – O que será apresentado no evento sobre empreendedorismo?
AA
– O evento tem muito disso e a gente mostra as empresas que estão desenvolvendo soluções que são bons negócios e, ao mesmo tempo, são ambientalmente corretos ou com impacto social maior. Temos desde iniciativas de crowdsourcing atéempresas que estão nascendo com inovação de tecnologias verdes no Brasil. Mas não estamos mais falando em investimento social, ambiental; estamos falando de negócios que nascem para gerar lucro, com impacto positivo na natureza e na sociedade.

Ser Sustentável – Como o Sustainable Brands funcionará?
AA
– Em ambos os dias, temos de manhã uma plenária das pessoas falando sobre casos concretos e, à tarde, temos painéis de discussão temáticos e ali há mais espaço para o debate, para perguntas e respostas. Em cada painel há de três a quatro palestrantes, o que dá mais ou menos umas 86 pessoas envolvidas.

Ser Sustentável – O evento também será aberto para o público externo?
AA
– Focamos na comunicação coorporativa. A gente acredita que o nosso papel é mostrar novas tendênncias e sacudir os executivos que ainda não estão dentro desse movimento. Mas qualquer um pode entrar com passe pago ou com convite.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.