Ecoparque no Olhos D'Água estimula interação com a natureza; veja o vídeo

Saiba mais sobre o espaço voltado para visitantes do Olhos DÁgua, divulgado na conferência da ONU

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/06/2013 08:00 / atualizado em 05/06/2013 13:26



Muitos vão lá para fazer caminhadas, corridas e piqueniques, mas há três anos, os visitantes passaram a ter outra opção no Parque Olhos D’Água, na Asa Norte: o Ecoparque, lugar para quem quer também entender mais de práticas sustentáveis. O parque foi idealizado a partir de um trabalho de monografia do educador físico Pedro Henrique Vinhal e posterior formação de um grupo de estudos, o 7 Saberes. “Era um sonho do Pedro e depois virou do grupo, e vimos a necessidade de expandir para a comunidade”, lembra o biólogo e cofundador do Ecoparque Breno de Azevedo Pinheiro, 25 anos. O espaço foi construído onde era jogado o lixo do Parque Olhos D’Água. “O que era entulho agora virou um ambiente comunitário”, diz Breno.

Tina Coêlho/Esp. CB/D.A Press


Leia mais notícias do Ser Sustentável

O grupo também marcou presença na Rio+20, durante a Cúpula dos Povos. “Levamos para lá a proposta de jogos cooperativos e danças de círculos, por exemplo”, lembra Vitor. “Em uma mesma roda, havia gente mais simples, deputados, empresários e artistas da Globo”, completa. Atualmente, 10 pessoas cuidam do lugar, que conta com diversas atrações — como as 11 “estações”, que vão do minhocário ao túnel de adobe. Uma das que mais fazem sucesso é a agrofloresta. Outro ponto de destaque entre os visitantes é a torre de escalada, feita com eucalipto de reflorestamento.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.