Ministério espera dobrar percentagem de consumidores conscientes no país

Em 2011, o Ministério do Meio Ambiente lançou o Plano de Ação para Consumo Sustentável, que está conectado à Política de Resíduos Sólidos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/06/2013 15:21

O Ministério do Meio Ambiente espera dobrar, de 5% para 10%, a percentagem de consumidores conscientes no país até 2014. Segundo o analista ambiental do Ministério Thiago Uehara, consumidores familiares e institucionais, como governos e empresas, precisam sair do sistema de "pega, usa e joga fora" para um sistema de "pega emprestado e reutiliza". Uehara participa do seminário "Desafios para a Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos", na Comissão de Meio Ambiente.


Leia mais notícias do Ser Sustentável

O analista admitiu, no entanto, que o Brasil ainda precisa avançar e facilitar o consumo sustentável, no sentido de que "nenhum consumidor tenha de usar muito tempo para fazer sua escolha e diferenciar o joio do trigo."

O técnico lembrou que, em 2011, em parceria com sociedade civil e empresários, o Ministério do Meio Ambiente lançou o Plano de Ação para Consumo Sustentável, que está conectado à Política de Resíduos Sólidos e a outras políticas de governo.

O primeiro ciclo do plano vai até 2014 e tem como objetivos prioritários, de acordo com o analista ambiental os seguintes temas: varejo e consumo sustentáveis;agenda ambiental da administração pública; educação para o consumo sustentável; aumento da reciclagem de resíduos sólidos; compras públicas sustentáveis; e promoção de iniciativas de consumo sustentável em construções.

O seminário "Desafios para a Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos" prossegue no Plenário 2.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.