Ainda não há empresa totalmente responsável ambientalmente, diz instituto

Presidente do Instituto Ethos afirmou que, em relação à sustentabilidade, muitas empresas ainda estão mais preocupadas com o marketing do que com o conteúdo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/06/2013 15:23

O presidente do Instituto Ethos, Jorge Abrahão, disse há pouco, em seminário sobre os resíduos sólidos no país, que ainda não há empresas totalmente responsáveis dos pontos de vista social e ambiental no Brasil. Mas, segundo ele, algumas companhias estão tentando mudar de postura. "Há empresas com visão de longo prazo, mas ainda não são maioria", ponderou.


Leia mais notícias do Ser Sustentável

Jorge Abrahão afirmou que, em relação à sustentabilidade, muitas empresas ainda estão mais preocupadas com o marketing do que com o conteúdo. Para o presidente do Ethos, o Brasil e as empresas precisam aproveitar a liderança internacional do país na agenda do desenvolvimento sustentável para diferenciar os produtos nacionais como sendo sustentáveis.

"A Itália colou no seu país a ideia de design. O Japão, de qualidade. A Alemanha, de qualidade com tecnologia. O Made in Brazil precisa passar a ideia de sustentabilidade," defendeu.

Jorge Abrahão informou que 60 empresas brasileiras assumiram junto ao instituto um compromisso de sustentabilidade, com a elaboração de planos de resíduos, que preveem ações como: não geração; redução; reciclagem; e disposição final adequada dos rejeitos.

O seminário "Desafios para a Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos" foi interrompido para o almoço e prossegue à tarde.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.