Alunos de escola em Taguatinga produzem pufes de PET para própria formatura

Estudantes do 4º ano concluem curso de educação ambiental da Polícia Militar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/07/2013 19:32 / atualizado em 05/07/2013 20:23

Marianna Rios/CB/D.A Press

Estudantes do 4º ano da Escola Classe 53, em Taguatinga, estão ansiosos para exibir aos familiares os pufes recicláveis que confeccionaram nos últimos três meses, feitos de garrafas PET. Os assentos serão inaugurados na noite desta sexta-feira (5/7), durante a formatura do curso de guardiões ambientais Lobo Guará, da Polícia Militar. Desde abril, os pequenos assistem a aulas teóricas e práticas, com direito a saída de campo para conhecer o cerrado no Jardim Botânico e para visitar uma usina de reciclagem em Ceilândia.


Leia mais notícias do Ser Sustentável

Marianna Rios/CB/D.A Press
Além dos pufes, toda a decoração da festa reaproveita materiais, como plástico, pneu, calota, lata de tinta, tampinha e folha seca. Segundo a vice-diretora Dayse Motta, a ornamentação começou a ser pensada e fabricada no início do curso. Ela garante que a confecção dos pufes contou com a participação dos alunos, que ajudaram a arrecadar três mil garrafas plásticas e a montar o objeto com a supervisão das professoras. Cada assento utiliza 14 PETs, que foram higienizadas, encaixadas umas nas outras, amarradas com fitas de PVC e envolvidas com papelão, espuma e tecido. "Essa é a segunda formatura do programa na escola. Ano passado, a turma sentou em caixotes de banana", conta.

Marianna Rios/CB/D.A Press
Para a formanda Maria Luiza Lopes, de 9 anos, o resultado está aprovado: "Não dá para perceber que é de PET, é confortável". Ela elege o aprendizado sobre o cerrado como o mais importante durante as aulas. "Não sabia que o cerrado era tão importante para nossa vida. Eu pensava que o lobo Guará era da cidade Guará e aprendi que significa vermelho." O colega Lucas Batista Fritsch, 10, mostrou ansiedade pela hora de mostrar o pufe para a família. "Estou esperando para cantar e fazer o juramento para cuidar do meio ambiente", afirma.

Marianna Rios/CB/D.A Press
Formatura

Após três meses de aulas semanais, as crianças fazem um juramento e recebem a carteirinha de guardiões ambientais. Segundo o coordenador do programa, sargento Leandro José, essa é a 11ª turma formada pelo projeto. Ele destaca que o objetivo é difundir a prevenção a queimadas e a conscientização de atitudes em favor do meio ambiente. "Cobramos que eles ajam no meio ambiente no ambiente deles, na escola e em casa." O mascote do programa é o Lobo Guará, protagonista da peça teatral que compõe o programa. "A parte lúdica do lobo faz com que eles assimilem o cuidado com o meio ambiente. Na história, o lobo, que está em extinção, foi ferido por um caçador e se tornou um herói", explica o sargento Marlos Veras.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Katilene
Katilene - 06 de Julho às 15:18
Parabéns aos novos Guardiões Ambientais que multiplicarão as idéias sobre preservação do meio ambiente.O Programa Lobo Guará da PMDF conta com os novos defensores ambientais para cuidar do nosso cerrado.