Arte interativa mostra detalhes do primeiro carro de passeio elétrico do DF

Carros do futuro poluem menos, além de serem mais silenciosos. Em Brasília, dois veículos foram convertidos para elétrico pelo próprios donos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/08/2013 10:05 / atualizado em 01/08/2013 11:04


Para ter um veículo com emissão zero de gás carbônico, com ruído baixo e econômico, o militar da reserva e engenheiro de computação Elifas Gurgel, 58 anos, converteu, há quatro anos, um Gol 1.0. A transformação do primeiro carro de passeio elétrico de Brasília custou R$ 60 mil — R$ 33 mil só pela compra das 40 baterias de íon-lítio que o abastecem. O investimento no projeto começou a partir da viagem do engenheiro a Carolina do Sul, nos Estados Unidos, para participar de um seminário sobre como fazer automóveis movidos a energia a partir de modelos a combustão. Ele voltou e, em quatro meses, o Gol estava pronto. “Fiz cada solda. A escolha pelo elétrico foi por uma questão ecológica, pois os veículos são a segunda causa de poluição no mundo”, justifica.


Leia mais notícias do Ser Sustentável

O carro passou por várias alterações. No lugar do tanque, uma tomada industrial carrega o motor na garagem do prédio de Elifas. O porta-malas perdeu um quinto de espaço e o estepe para dar lugar a 30 células de energia, carregadores e sistema de gerenciamento — que monitora e evita comprometer a vida útil do equipamento. O interior não mudou muito; recebeu um voltímetro (para medir a tensão das baterias) e um amperímetro (para calcular a corrente instantânea que move o carro). Sob o capô, mais 10 células de energia, o motor elétrico, o controlador de energia, a bomba de vácuo para o freio e o sensor inercial completam as novidades. Na hora de dirigir, quase não se usa o câmbio e a embreagem.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Rafael
Rafael - 01 de Agosto às 13:54
Iniciativa fora-de-série (em todos os sentidos). Parabéns!