Distrito Federal e Goiás se reúnem para discutir a destinação do lixo

O encontro nacional será de 24 a 27 de outubro, em Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/08/2013 13:55

A quarta reunião preparatória para a 4ª Conferência Distrital de Meio Ambiente, que este ano debate o tema resíduos sólidos, acontece nesta quarta-feira (7/8) durante a Conferência Municipal de Luziânia e reune representantes de outras quatro cidades (Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental, Novo Gama e Cristalina) no Centro de Convenções do município. Até a realização da Conferência Distrital, prevista para 11, 12 e 13 de setembro, serão sete encontros entre o DF e os 20 municípios da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE).


"Os problemas das regiões são os mesmos: destinação adequada para o lixo, inclusão de catadores no processo, e coleta seletiva. Enfrentamos os mesmos dilemas e estaremos juntos na Conferência Nacional", destacou o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Brandão. Ainda de acordo com Brandão, a discussão reúne eixos importantes também para o DF e para a proposta de políticas públicas.

Leia mais notícias do Ser Sustentável

O encontro nacional será de 24 a 27 de outubro, em Brasília. As conferências têm como foco a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos nos âmbitos local e regional, com destaque para quatro tópicos: a produção e consumo sustentáveis; redução de impactos ambientais; geração de empregos e renda; e educação ambiental.

Políticas
Na Cidade Ocidental funciona o único Aterro Sanitário licenciado da RIDE. Entre as principais ações do plano para o DF estão o fim das atividades do lixão da Estrutural e a abertura do Aterro Sanitário Oeste, localizado entre Ceilândia e Samambaia.

A implantação da coleta seletiva em todo o DF e a construção de 12 centrais de triagem de materiais recicláveis para abrigar o trabalho das cooperativas de catadores também estão previstas nas melhorias para o setor.

Também estão previstos no plano dos dois governos a instalação de seis áreas para a reciclagem de resíduos da construção civil, duas áreas de aterro de inertes, e um centro de comercialização de materiais recicláveis.

Um trabalho de inclusão social com todos os catadores com formação profissional, assistência técnica e inserção de cooperativas e associações é uma das principais metas do projeto.

Os encontros preparatórios aconteceram em Sobradinho, Planaltina, Gama, Santa Maria, Recanto das Emas, Riacho Fundo, São Sebastião, Paranoá e Itapoã.

O encontro entre as cidades de Formosa, Cabeceiras, Vila Boa, Água Fria de Goiás e Planaltina de Goiás, marcado inicialmente para 1º de agosto, ocorrerá no próximo dia 20.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
moacir
moacir - 07 de Agosto às 21:43
havendo vontade resolve !!!