Confira o artigo Educando para o consumo consciente, do Instituto Akatu

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/10/2013 09:32

Instituto Akatu/Divulgação

Helio Mattar
Ph.D. em engenharia industrial e diretor-presidente do Instituto Akatu


Vivemos uma situação extremamente desigual, visto que 16% da população do planeta — cerca de 1 bilhão de pessoas — é responsável por quase 80% do consumo. Mesmo com tal concentração, já se utiliza 50% a mais de recursos naturais renováveis do que a Terra consegue repor ou regenerar. Com a entrada de 3 bilhões de novos compradores no mercado de consumo de massa nos próximos 20 anos, precisaremos de cerca de 4,5 planetas para suprir os padrões atuais. Portanto, é absolutamente urgente modificar essa situação.


Leia mais notícias do Ser Sustentável

Uma das principais propostas do Plano Nacional de Produção e Consumo Sustentáveis, elaborado pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com diversas organizações não governamentais e outros atores sociais para incentivar mudanças nos modelos insustentáveis de produção e consumo, é que a educação para o consumo consciente, principalmente de crianças e jovens, é um dos meios mais eficazes para promover a transição na cultura de consumo rumo a uma sociedade ambientalmente mais equilibrada e socialmente mais justa.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.