Quanto mais madeira melhor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/04/2014 16:39

O maior uso de madeira, ao invés de ferro e concreto, na construção civil pode reduzir substancialmente as emissões de dióxido de carbono e o consumo de combustíveis fósseis. Foi o que revelou um estudo de metariais feito pela universidade de Yale, nos Estados Unidos.


Os pesquisadores calcularam que a quantidade de madeira extraída no planeta a cada ano –3,4 bilhões de metros cúbicos- é equivalente a apenas 20% do crescimento anual de madeira –17 bilçhões de metros cúbicos. Além disso, eles consideraram ainda que boa parte da colheita de madeira para uso doméstico é queimado de forma ineficiente.

Leia mais notícias do Ser Sustentável

A justificativa para a teoria defendida no estudo é a de que a construção à base de madeira consome muito menos energia do que o concreto ou construção em aço. Através da colheita e utilização de produtos eficientes, menos CO2 é emitido.

Uma das hipóteses levantada pela pesquisa explica que se fosse aumentada em 34% a produção annual de madeira, os efeitos ao meio ambiente seriam muito positivos. Para comprovar a teoria, os pesquisadores mostram que entre 14 e 31% das emissões de CO2 no mundo opderiam ser evitadas a partir das emissões relacionadas ao ferro e ao concreto.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.