Vá de pedal

Andar de bicicleta faz bem à saúde, ao meio ambiente e ajuda a alcançar a forma física ideal. Para estimular a prática, o Correio organiza o 2º Passeio Ciclístico da Primavera

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/09/2014 18:49

Janine Moraes/CB/DA Press


Um dos primeiros desafios de qualquer criança é se equilibrar em duas rodas. Mais do que um desafio que remete à infância, pedalar é um exercício físico considerado completo, já que trabalha a musculatura, o equilíbrio, a respiração. Tão completo que alguns optam como único meio de transporte. É o caso da família do servidor público Uirá Lourenço.


Pai de dois filhos, Uirá percebeu os benefícios da bicicleta quando cursava biologia na Universidade de São Paulo (USP), na década de 1990. O então universitário ganhou dos pais o primeiro carro, “como acontece com muitos jovens de classe média”, segundo ele. E, a partir de então, parte da vida na capital paulista aconteceu dentro de um automóvel. Cansado de perder tempo nas avenidas congestionadas de São Paulo, Lourenço teve a ideia de usar a bicicleta que estava encostada em um dos cômodos da residência. A locomoção sobre duas rodas — que começou no trajeto entre casa e universidade —, hoje, estende-se a qualquer canto que ele vá.

O novo estilo de vida influenciou inclusive as relações pessoais. A mulher de Lourenço, Ronieli Barbosa, teve de aceitar a ideia de se locomover apenas de bicicleta, mas não reclama da opção feita. “Fui me adaptando aos poucos a fazer as coisas sem carro e, com ele (Uirá), descobri como podia ser prazeroso fazer isso ao ar livre”, lembra. Apesar da pouca idade, os filhos do casal, Cauã Lourenço, 6, e Iuri Lourenço, 4, também não escaparam da decisão do pai e experimentaram o novo ritmo de vida.

Profissional da área de educação física, André Sá é adepto do ciclismo não só no trabalho, mas também na vida pessoal. “É um belo trabalho cardiorrespiratório, você melhora seu condicionamento físico de forma geral e fortalece os membros inferiores. Quem faz ciclismo tem pernas de aço, torneadas e bonitas”, conta.

Segundo Sá, além do fortalecimento muscular, pedalar é a modalidade nas academias que tem o gasto calórico mais elevado. “Uma pedalada descompromissada para uma pessoa de 60kg pode render um gasto calórico de 240 kcal por hora. Já uma pedalada mais dedicada, com ritmo, pode gastar até 780kcal em 60 minutos”.

Entre aulas e lazer, André chega a pedalar, semanalmente, 420 quilômetros. “Com o ciclismo, melhorei a respiração, tenho um sono com mais qualidade e a oportunidade de interagir com a natureza. Não há higiene mental ou terapia melhor.”

Pedalada consciente

Para estimular ainda mais o ciclismo na cidade, o Correio Braziliense organiza no próximo domingo, 21 de setembro, o 2º Passeio Ciclístico da Primavera – Tempo de Plantar. A concentração será a partir das 9h, na 102, Eixão Sul. Pessoas de todas as idades estão convidadas a curtir o passeio, que terá um trajeto de 10km. A participação é livre.


2º Passeio Ciclístico da Primavera Tempo de Plantar

Data: 21/9/2014
Largada do passeio: 9h
Local: Eixão Sul, na altura da 102
Percurso: 10km
Concentração: a partir das 8h30
Participação livre
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.