Publicidade

Correio Braziliense

Segunda oficina de redação do Enem com Dad Squarisi reúne jovens e adultos

Sigma e Correio, em parceria, promoveram a segunda edição do evento gratuito, na Asa Norte


postado em 21/10/2019 20:24 / atualizado em 22/10/2019 12:15

Visando ao aperfeiçoamento da escrita e das técnicas de redação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Centro Educacional Sigma, em parceria com o Correio, realizou a segunda Oficina Redação Nota 1000 de 2019, com Dad Squarisi, professora de português e editora de Opinião do Correio.
 
(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press)
(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press)
 
Como o evento foi gratuito e aberto ao público de fora da escola, também estiveram presentes estudantes de Planaltina, Samambaia, Sobradinho e Guará, conforme contou a professora Dad. "O público estava muito diversificado e o auditório, cheio. Curiosamente, havia adultos também, não só jovens. São pessoas que já se aposentaram, por exemplo, e vão prestar o Enem para fazer outro curso."

Desta vez, o evento foi no auditório da unidade norte do colégio, localizada na SGAN 910. A primeira oficina de redação com Dad Squarisi foi no Sigma Sul, na SGAS 912, em 1° de outubro. 
 
Ver galeria . 24 Fotos Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press
(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press )

Passo a passo para uma redação nota 1000

De acordo com a professora, a redação deve ser tratada por etapas, considerando a abrangência crescente, ou seja, partir dos passos pequenos para os grandes. Assim, os passos para uma escrita de excelência são:
 
1) critérios
2) planejamento
3) redação
4) revisão
 
(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press)
(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press)
Os participantes da oficina de hoje cumpriram cada uma dessas fases, com resolução de exercícios, leitura em voz alta e correção comentada das respostas pela professora. "Foi uma das oficinas mais animadas que já dei! A previsão de duração era de 2h30, mas foram três horas e meia. E ninguém saiu antes, o público inteiro ficou lá", relata Dad.

Acredite que você sabe

Para ela, antes de começar a tratar da redação em si, é necessário levar os participantes a acreditarem que eles estão por dentro do mundo da redação. "Minha primeira conversa com eles foi 'acredite que você sabe'. É um trabalho de convencimento, porque eles sabem mesmo", observa Dad. "O nosso trabalho nessa oficina é organizar o conhecimento e dar as técnicas para a organização do candidato", completa. 
 
Com linguagem bem-humorada, vídeos divertidos, exercícios e correções dos trabalhos, os estudantes não pouparam esforços para se envolverem nas exposições. "Oficinas são sempre diferentes umas das outras, porque o público é diferente. Essa teve muita participação, não sei se mais do que as outras, mas teve muita participação", pondera Dad. "Não foi preciso forçar ninguém a ler, todos queriam participar, tanto que fiquei meia hora depois do término, porque havia uma fila de meninos que queriam que eu lesse os trabalhos."

Além das dicas para a construção de uma redação nota mil, os participantes da oficina também participaram de sorteio de brindes, como rodízio de pizza, ingressos para cinema, fones de ouvido, livros.

(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press)
(foto: Angelo Carvalho/Esp.CB/D.A Press)
Ângela Miranda de Souza, professora de redação e de gramática da 3ª série do ensino médio da unidade de Águas Claras do Sigma, avaliou que a oficina desta segunda-feira (21) foi bastante produtiva e de grande valia para os alunos. Houve um trabalho efetivo a respeito da competência 4 (revisão do texto). "Dad Squarisi mostrou a importância dessa competência de modo prático, como aplicá-la. Mencionou também a necessidade de que haja a presença dos articuladores inter e intraparágrafos", disse. 
 
A pofessora destacou também que a oficina é uma excelente  "saída" para aprimorar a escrita já que a redação é uma técnica que associa a escrita com a leitura - ela representa um treino e um conhecimento a mais das competências. "Além disso, uma palestra com moldes de uma oficina de redação é frutífera para o aluno porque, com o exercício,  o aprendizado torna-se mais proveitoso", assinalou 
 
 
*Estagiária sob supervisão de Ana Sá  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

Não há desenvolvimento sem educação 07:00 - 11/11/2019 - Compartilhe

Não há desenvolvimento sem educação

Seleção exclusiva para PCD 07:00 - 11/11/2019 - Compartilhe

Seleção exclusiva para PCD

Brasília: futuro polo de moda internacional 07:00 - 11/11/2019 - Compartilhe

Brasília: futuro polo de moda internacional

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade