Publicidade

Correio Braziliense ENEM 2019

Professor aponta maiores dificuldades do último dia de provas do Enem

Segunda etapa traz conteúdo em que alunos têm mais dificuldade. Média da prova de ciências da natureza foi a única a cair no último ano


postado em 08/11/2019 21:22 / atualizado em 08/11/2019 21:49

Neste domingo (10/11), candidatos vão prestar o último dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Inscritos terão cinco horas para responder 90 questões de ciências da natureza e suas tecnologias (física, química e biologia) e matemática. Essa é a etapa que mais causa medo nos participantes. Não é para menos. No último ano, a prova foi a única que teve redução na média anual, baixou de 510,6 para 493,8. 
 
 
De acordo com Paulo Valim, professor de química e embaixador do Youtube Edu, plataforma on-line voltada para vídeo aulas, a disciplina é a mais cobrada na prova. Ele acredita que a razão da baixa das notas e da dificuldade dos estudantes está na falta de conhecimentos básicos. “A prova segue um padrão desde 2009. Essa média mostra uma defasagem no ensino básico, onde os alunos têm dificuldade de interpretar e entender conceitos básicos.” Ele explica que, mesmo que o conteúdo não seja cobrado, ele é a base para a resolução de questões mais complexas.

Na semana passada, as provas de linguagens e ciências humanas chamaram a atenção pela falta de conteúdos que sempre foram cobrados, como ditadura militar, Era Vargas e Segunda Guerra Mundial. Para Paulo, questões ambientais são sempre muito presentes na prova de ciências da natureza e, podem deixar de cair, se for contra as ideais políticos do novo governo. Também acredita que a prova deve seguir a tendência do ano passado, de ser mais conteudista.

Atenção na saúde

O professor recomenda que, neste último momento antes das provas, o candidato se preocupe menos em revisar e mais em aproveitar o sábado para descansar. Para ele, a maior dificuldade dos participantes não é exatamente o conteúdo e, sim a questão emocional. “Tem muita gente nervosa, ansiosa e isso atrapalha. Os estudantes estão muito preocupados em estudar as matérias e deixam de lado as questões emocionais”, destaca.
 

Ele aconselha que o candidato tire o sábado para descansar, ficar com a família, caminhar, entrar em contato com a natureza e procurar se alimentar e dormir bem para que, no dia seguinte, não tenha problemas com a ansiedade.

Fique atento

Para não perder a prova, o candidato não pode deixar de levar o documento de identificação com foto (confira no edital quais são permitidos) e a caneta preta. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também recomenda imprimir o cartão de confirmação de inscrição.

Participantes devem ficar atentos, pois em alguns estados e municípios, o horário varia de acordo com o fuso. Confira a situação de cada estado:

Acre e 13 municípios do Amazonas (Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Boca do Acre, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Jutaí, Lábrea, Pauini, São Paulo de Olivença, Tabatinga):

Abertura dos portões: 10h
Fechamento dos portões: 11h
Início das provas: 11h30
Término das provas: 16h30

Amazonas (com exceção dos 13 municípios descritos acima), Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul:

Abertura dos portões: 11h
Fechamento dos portões: 12h
Início das provas: 12h30
Término das provas: 17h30
 
Distrito de Fernando de Noronha (Pernambuco):

Abertura dos portões: 13h
Fechamento dos portões: 14h
Início das provas: 14h30
Término das provas: 19h30

Demais localidades:

Abertura dos portões: 12h
Fechamento dos portões: 13h
Início das provas: 13h30
Término das provas: 18h30 horas

Caso o inscrito precise apresentar comprovante de comparecimento no trabalho ou outra situação, deve levar o documento impresso para ser assinado no local de prova. O modelo da declaração está disponível na página do participante.

No último fim de semana, 1,17 milhão de inscritos deixaram de comparecer ao exame, equivalente a 23% de abstenção. 376 candidatos foram eliminados. Alunos que não fizeram prova no primeiro dia podem fazer no segundo, a fim de testar os conhecimentos, já que a redação é uma etapa eliminatória.

Tempo bom

Candidatos que estiverem preocupados com as chuvas que caíram nesta semana no Distrito Federal, podem ficar tranquilos. No domingo, a previsão é que só haja pancadas de chuva isoladas no fim da tarde ou à noite. Entre 11h e 12h, o momento em que os participantes estão chegando no exame, a temperatura vai variar entre 27º e 28º, sem previsão de chuva. Nesse momento a umidade deve ficar em torno de 50% a 60%. Para o dia, a mínima é de 18º e a máxima é de 32º.

Transporte

Assim como no primeiro dia de provas, o serviço de transporte do DF funcionará de forma diferenciada. A frota de ônibus será reforçada nos horários de pico, de acordo com a demanda. O metrô DF terá o funcionamento estendido, de 7h até 20h.
 
 
*Estagiária sob supervisão de Ana Sá  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade