Publicidade

Correio Braziliense ENEM 2019

Enem 2019: estudantes revelam o temor de chegarem atrasados no segundo dia


postado em 10/11/2019 13:15 / atualizado em 10/11/2019 17:05

A concentração dos estudantes nas portas dos locais de prova do Exame Nacional do Ensino médio (Enem) começa cedo. Muitos tiveram medo de perder o horário por conta do engarrafamento. Esse é o caso de Júlia Gabriela Camargo Borges no primeiro dia de prova. No último domingo (3/11), a jovem chegou faltando apenas cinco minutos para o fechamento dos portões. “Eu atrasei por causa do engarrafamento. Hoje (10), resolvi sair de casa bem mais cedo para chegar mais tranquila. Consegui chegar antes das 11h”, detalha. Júlia conta que está no último ano do ensino médio e é a primeira vez que realiza o exame. “Semana passada foi mais tranquilo pra mim, eu me identifico mais com a área de humanas. Hoje, meu maior medo é a prova de física”, afirma.  
 
Vitor Soares Rocha, 21, deseja cursar medicina, um dos cursos mais disputados, e, mesmo tendo bastante facilidade com a área de Ciências Exatas, está ansioso com a prova. “Cheguei mais cedo para meditar e tentar me acalmar. Estou aproveitando também para dar uma revisada nas fórmulas”, conta.  Vitor aponta que, no primeiro dia de prova, o calor atrapalhou um pouco a sua concentração na realização do exame. “O meu local de prova tem estrutura, tem ar condicionado e, mesmo assim, atrapalhou a minha concentração. Imagina os estudantes que fazem a prova em locais sucateados”, lamenta. 
 
Moradora do Varjão, Verônica Alves, 20, trabalha como babá e vai fazer o Enem pela segunda vez. A candidata não negou a ansiedade para a realização da prova. “É muita pressão de todos os lados. Pai, tio e toda a família criam expectativas. Mas é uma grande porta que se abre pra gente e nós temos que aproveitar. Fico muito ansiosa com tudo isso”, diz a candidata que pretende cursar direito em alguma universidade pública de Brasília,ou do Maranhão, estado onde nasceu. 
 
Mesmo para quem está acostumado com o exame e realizou a prova mais de uma vez, ainda é difícil lidar com o nervosismo e a ansiedade. Pela quarta vez, Wanessa Elen dos Santos, 20, faz a prova do Enem na expectativa de conseguir uma bolsa no  Programa Universidade Para Todos (Prouni). "Acho mais fácil tentar uma bolsa, pois acredito que seja mais fácil entrar na UnB pelo vestibular ou pelo PAS", comenta. Ela se preparou em casa e está mais tranquila para a prova deste domingo do que do último domingo. "Acho que hoje vai ser mais tranquilo, devido a ansiedade pela redação, semana passada ficamos esperando uma coisa, veio outra, isso causa muito nervosismo", detalha. 
 
Wemerson dos Santos, 19, é aluno do 3º ano do ensino médio e está fazendo o Enem pela primeira vez. "Quero financiar a faculdade pelo Fies. Acho que é mais garantido tentar bancar, já que o governo deixa a desejar na educação", pontua. o Estudante deseja cursar Tecnologia da Informação. Aluna do segundo ano do Ensino Médio, Ana Carine Santos Duarte, 15, é moradora de Luziânia e foi ao Valparaíso fazer a prova pela primeira vez, como treineiro. "Acho importante fazer a prova antes do terceiro ano, para não se surpreender, achei a prova muito cansativa no fim de semana passado, acho que é bom estar preparada", argumenta. 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

MEC lança diploma digital 20:01 - 10/12/2019 - Compartilhe

MEC lança diploma digital

publicidade
MEC lança diploma digital. Acompanhe ao vivo 15:04 - 10/12/2019 - Compartilhe

MEC lança diploma digital. Acompanhe ao vivo

publicidade
Começa a primeira edição da FeLiB 14:46 - 09/12/2019 - Compartilhe

Começa a primeira edição da FeLiB

publicidade
Na passarela: a diversidade 17:35 - 08/12/2019 - Compartilhe

Na passarela: a diversidade

publicidade
publicidade
publicidade
Anhanguera oferece vestibular solidário 13:20 - 06/12/2019 - Compartilhe

Anhanguera oferece vestibular solidário