Publicidade

Correio Braziliense

Candidatos reclamam de prazo para contestar erros na correção do Enem

Mesmo com o prazo do recurso apertado, o Inep manteve a data da abertura das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu)


postado em 20/01/2020 10:18

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O prazo dado pelo Ministério da Educação (MEC) para contestar erros na correção da prova do Enem preocupa os candidatos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Texieira (Inep) informou que o prazo para mandar e-mails com pedidos de revisão das notas terminou as 10h desta segunda-feira (20/1). 

O aviso de que os candidatos poderiam pedir a revisão da nota foi divulgado no domingo (19/1) as 22h23 nas redes sociais do órgão. Mesmo com o prazo do recurso apertado, as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), usado para o ingresso a universidades públicas, vai ocorrer normalmente na terça-feira (21/1). 

O Inep estimou que "menos de 9.000" alunos tiveram erros nas notas do Enem, segundo informação do presidente do órgão, Alexandre Lopes. Nas redes sociais, internautas reclamaram do erro na correção das provas e do prazo dado pelo ministério para contestar as notas.






Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade