Ensino_EducacaoBasica

Sucessor de Weintraub no MEC, Carlos Decotelli também é economista

Bolsonaro anunciou o nome do novo ministro da Educação pelas redes sociais. Nomeado foi presidente do FNDE e é pós-doutor por universidade alemã

Eu, Estudante
postado em 25/06/2020 15:36

Após a saída, marcada por escândalos, de Abraham Weintraub do MEC (Ministério da Educação), o presidente Jair Bolsonaro anunciou o sucessor do ex-ministro pelas redes sociais nesta quinta-feira (25/6). A nomeação do novo empossado também saiu no Diário Oficial da União (DOU).

Bolsonaro com o novo responsável pelo MEC, Carlos Decotelli

O novo ministro é Carlos Decoteli, economista pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Além da formação em economia, mesma área de Weintraub, o novo nomeado tem ainda outro aspecto em comum no currículo: quanto ele quanto Weintraub fizeram mestrado em administração na Fundação Getulio Vargas (FGV).

[SAIBAMAIS]

Decoteli fez ainda doutorado em administração na Universidade Nacional do Rosário, na Argentina, e é pós-doutor pela Bergische Universit;t Wuppertal, na Alemanha. Atuou como professor em institutos de pós-graduação e, entre dezembro de 2018 e agosto de 2019, já na gestão de Bolsonaro, foi presidente do FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação).

[VIDEO1]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação