Publicidade

Correio Braziliense

Mais de 1,6 mi de máscaras serão distribuídas às escolas públicas do DF

Em solenidade nesta terça-feira (30/6), a Secretaria de Educação, a Fibra, Sejus e BRB assinaram um termo aditivo para a produção de 1 milhão de itens


postado em 30/06/2020 19:12

(foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
(foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
A Secretaria de Educação, de Justiça, o Banco de Brasília (BRB) e a Federação das Indústrias do DF (Fibra-DF) assinaram, nesta terça-feira (30/6), um termo aditivo para a produção de mais de 1 milhão de máscaras de proteção reutilizáveis. Os produtos serão entregues às escolas da rede pública de ensino e serão um incentivo à retomada das aulas  — suspensas desde 11 de março em decorrência da pandemia do novo coronavírus. 

A nova remessa se somará as mais de 600 mil máscaras que estão prontas para a distribuição. Os insumos são de responsabilidade do Instituto Euvaldo Lodi do DF (IEL-DF) e a fabricação dos itens, como corte e costura, é por conta das indústrias do setor vestuário. “Essa ação dá continuidade aos programas que estamos à frente e, com isso, mostramos que o GDF trabalha de maneira integrada. A entrega das máscaras permitirá a retomada das aulas e até a normalidade. Dessa forma, geramos emprego e renda”, frisou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. 

Pelo acordo, as empresas recebem o tecido e os elásticos e ficam responsáveis pelo corte, pela costura e pelo acabamento ou por executar o processo completo de confecção. O  Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF), em parceria com o Sindicato das Indústrias do Vestuário (Sindiveste-DF), deu suporte técnico e está recebendo os produtos prontos e fazendo o controle de qualidade antes da entrega final. Vídeos técnicos também foram disponibilizados para orientar os trabalhos.

Distribuição

A princípio, as máscaras de proteção serão distribuídas nas escolas públicas para estudantes, professores, merendeiras e servidores, segundo informou o secretário de Educação, Leandro Cruz Froés. “Mais uma vez , o BRB vem demonstrando seu compromisso com o DF. Tínhamos a necessidade de mais máscaras, para toda a rede, mas isso nós vamos adquirir por meio de outras doações”, disse. 

Questionado sobre o retorno das aulas, o secretário esclareceu que a data será definida pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) e que, nesta semana, será apresentado um protocolo de reabertura. “Teremos álcool em gel, tapete para limpar os pés, pias para lavar as mãos. Voltaremos com segurança. O que podemos dizer é que terá alternância no retorno. Não serão todos os alunos juntos. Permaneceremos com a teleaula enquanto outros estudantes irão retomar”, afirmou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Colégio promove debate sobre futuro do Enem 19:18 - 09/07/2020 - Compartilhe

Colégio promove debate sobre futuro do Enem

publicidade
publicidade