Ensino_EducacaoBasica

O adeus a César Severo, fundador do Exatas, ex-aluno da UnB e do CMB

Professor de física morreu aos 46 anos em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus. Colegas e alunos se comoveram com a perda

Eu, Estudante
postado em 09/07/2020 19:52

Em 2017, o professor foi fotografado em visita à Redação do Correio Braziliense

Gerou comoção entre alunos, ex-alunos, docentes e pais a morte, em decorrência de covid-19, de César Severo. O professor de física era fundador e coordenador pedagógico do cursinho e do colégio Exatas, com unidades em Asa Sul, Taguatinga, Gama e Águas Claras.

[SAIBAMAIS]César ficou uma semana internado e faleceu nesta quinta-feira (9/7). Era um professor dedicado e de riso fácil, vivia com um sorriso no rosto. Ele deixa a mulher e dois filhos.

O educador era conhecido na Redação do Eu, Estudante, tendo por diversas vezes dado entrevistas, especialmente sobre seleções, incluindo vestibulares, o Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Ele atuou como parceiro do Correio Braziliense em projetos especiais relacionados ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O Eu, Estudante lamenta a perda e agradece a colaboração de César.

O Exatas declarou luto de três dias. Confira publicação do colégio:

[VIDEO1]

Histórico

Registro de 2005, quando o professor de física dava aulas no pré-vestibular NDANatural de Cachoeira do Sul (RS), César abriu o Exatas em 2008 como cursinho pré-vestibular.

Dez anos depois, a instituição se expandiu e passou a ser também um colégio de ensino médio.

Desde 2006, o educador corrigia questões e dava dicas de física num canal no YouTube. Antes de fundar o Exatas, César trabalhou na rede NDA.

Formado em engenharia mecânica pela Universidade de Brasília, é ex-aluno do Colégio Militar de Brasília (CMB).

Em 2008, o professor foi entrevistado sobre a preparação para o vestibular da UnB

Depoimentos

Enquanto o professor estava internado, alunos e colegas gravaram vídeos torcendo pela recuperação. No dia de sua morte, nas redes sociais, não faltaram despedidas e homenagens a César Severo. Confira algumas:

[VIDEO2][VIDEO3][VIDEO4]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação