Ensino_EducacaoBasica

Sessão de votação do Fundeb está sendo boicotada

Apreciação da proposta estava prevista para começar no início da sessão desta terça-feira (21/7), mas os deputados governistas tentam obstruir a pauta por falta de quórum

Eu, Estudante
postado em 21/07/2020 16:20
As deputadas Erika Kokay (PT-DF) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ) denunciaram nas redes sociais que a votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 015/2015, que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e de Valorização dos Profissionais da Educação, marcada para o início da sessão parlamentar desta terça-feira (21/7), está sendo boicotada por deputados da base do governo.
Apreciação da proposta estava prevista para começar no início da sessão desta terça-feira (21/7), mas os deputados governistas tentam obstruir a pauta por falta de quórum

;Bolsonaro tenta comprar parlamentares para votar contra o novo Fundeb. Alguns partidos da base bolsonarista já agem para obstruir a pauta de votações da Câmara;, declarou Erika Kokay em seu perfil no Twitter. Na segunda-feira (20/7), os deputados iniciaram o debate. A maioria dos parlamentares que usou a tribuna foram favoráveis a aprovação do texto proposto pela deputada Dorinha Seabra (DEM-TO), relatora do projeto.

A deputada Jandira Feghali declarou: ;Infelizmente há um kit obstrução e uma estratégia de não dar quórum. O Governo que tentou destruir a proposta do Fundeb agora evita votá-lo. É um absurdo". E completa. "O Brasil inteiro está com os olhos voltados para o parlamento por causa do Fundeb. Os deputados e deputadas têm recebido mensagens de professores, entidades da Educação, governadores e prefeitos preocupados com o fim do Fundeb ano que vem;.


Repercussão nas redes
[VIDEO2]
[VIDEO3]
[VIDEO4]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação