Ensino_EducacaoBasica

Colégio Sigma lança guia de orientações e rotina para professores

Escola abre as portas para retomada das aulas presenciais na próxima segunda-feira (10/8). Atividades serão em formato híbrido e com rodízio entre turmas

Ana Lídia Araújo*
postado em 06/08/2020 14:54
Com a retomada das atividades presenciais marcada para a próxima segunda-feira (10/8), em formato de rodízio entre o ensino médio, fundamental e infantil, o Colégio Sigma lançou o Guia de Rotina e Orientações para Colaboradores.

Na escola, o retorno à sala de aula será opcional. Ou seja, o pai que desejar manter o filho em casa poderá continuar com o ensino remoto. Por outro lado, aqueles que preferem voltar à rotina presencial, poderão mandar os filhos para escola, que passa por adaptações.

Colégio Sigma divulga cartilha com orientações para professoresPara que as adaptações sejam seguidas com todo cuidado, é importante que os professores estejam situados de todas as mudanças que devem ocorrer. Para isso serve o guia de orientações para a volta às aulas.

Comunicação que vai além do presencial

Agora, as salas de aulas ganham novos horizontes e são bem maiores do que o espaço físico permite ver. Além dos alunos presenciais, os professores deverão lidar ao mesmo tempo com os remotos. Então, atenção redobrada para não esquecer de ninguém.

Dessa forma, a comunicação precisa ser mediada entre os dois grupos. A dica da instituição é usar o tempo em que os alunos presenciais fazem atividades para esclarecer as dúvidas dos estudantes remotos. Outro conselho é eleger dois representantes, um para ser o porta-voz do virtual e outro no presencial. Assim, todos se sentem incluídos.

Segundo o texto, neste momento, é importante estabelecer o que é relevante para o processo de aprendizagem. ;É isso que deve guiá-lo sempre. Exponha seus objetivos e dê instruções simples e claras. Ouça seus alunos (presenciais e remotos) para verificar se eles entenderam sua proposta de trabalho;, aconselha o guia.


E na prática? O que muda?

O documento explica que os professores terão acesso às mesmas plataformas virtuais usadas atualmente para o atendimento remoto. O que ocorrer no ambiente presencial será transmitido ao vivo para o módulo on-line.

As câmeras com microfone para transmissão das aulas síncronas e captação de áudio do professor e dos alunos em sala de aula estarão posicionadas nos tripés, em conjunto com links de internet cabeada para evitar oscilações na transmissão.

;Quem está em casa continuará tendo como opção a comunicação via chat, por isso, vale relembrar combinados com os estudantes e a hora certa de fazer perguntas. Os alunos em sala de aula não terão acesso à rede wifi, como já acontece atualmente;, afirma o texto.

Além disso, quando o professor estiver em casa, por fazer parte do grupo de risco, os alunos poderão assistir às aulas no presencial por meio de uma transmissão simultânea em sala de aula. As interações dos alunos no presencial com o professor em atendimento remoto vão ocorrer de acordo com as orientações do gestor da cada unidade.


Dicas de rotina e boa conduta

O documento também faz uma série de orientações para manter a rotina uma boa conduta durante as aulas. São dicas de como se planejar e comunicar com os estudantes, como evitar usar gírias e olhar para os alunos que estiverem presentes e, também, para a câmera, para que os alunos remotos se sintam contemplados.

*Estagiária sob a supervisão de Ana Sá.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação