Publicidade

Correio Braziliense

TIM anuncia 30 cursos gratuitos para atualizar currículo nas férias

As aulas são disponibilizadas on-line na página de educação do Instituto Tim. Alunos conseguirão certificado de 40 horas


postado em 16/01/2020 13:22 / atualizado em 16/01/2020 15:50

O Instituto TIM está com cursos on-line livres, abertos e gratuitos disponíveis na página de educação a distância TIM Tec. A oportunidade é direcionada principalmente para quem deseja estudar nas férias, mas não não tem como pagar. As capacitações ajudam quem busca uma atualização do currículo ou até mesmo recomeçar a vida profissional.

 

TIM oferece cursos gratuitos para melhorar o currículo(foto: Reprodução/Tim Tec)
TIM oferece cursos gratuitos para melhorar o currículo (foto: Reprodução/Tim Tec)
 

O conteúdo é voltado a áreas como empreendedorismo, estruturação web, programação, produção de texto, programação em linguagem java, programação de games, entre outros. Cada curso é dividido em diversas aulas separadas em capítulos de no máximo cinco minutos. O aluno assiste aos vídeos, faz as atividades propostas, além de poder consultar o material complementar ou conversar com outros estudantes no fórum.

 

Para começar a estudar, basta acessar o site do programa e fazer o login. Pronto! Depois de assistir aos vídeos e fazer todas as lições, o estudante receberá um certificado de 40 horas de formação. Atualmente, o TIM Tec conta com 30 cursos. Entre eles, estão introdução à lógica de programação, edição e tratamento de imagens e produção de games.

 

As aulas são abertas para qualquer pessoa e direcionadas ao fortalecimento de competências consideradas básicas para a formação de qualquer profissional, como a escrita de textos e também para professores.

 

Todas as aulas são desenvolvidas por especialistas selecionados a partir das normas da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC). O programa existe desde 2013 e está apoiado no conceito MOOC (Massive Open Online Course), ou seja, qualquer pessoa pode acessar a ferramenta pelo site e assistir às aulas gratuitamente.

 

A iniciativa se baseia em três pilares: software livre, produção de cursos e parcerias com instituições de ensino. Devido ao primeiro pilar, escolas, universidades e coletivos podem também instalar a plataforma de forma autônoma. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade