Estudantes da USP detidos pela polícia já foram liberados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/11/2013 11:28

Os dois estudantes presos na reintegração de posse da reitoria da Universidade de São Paulo (USP) foram liberados no início da noite do dia  (13), após os advogados conseguirem o relaxamento da prisão. Eles foram detidos no início da manhã de ontem (12) quando saiam do prédio que permaneceu ocupado pelos alunos por 42 dias. Os estudantes foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Osasco. Após a operação de reintegração, a reitoria relatou diversos danos causados ao imóvel, a equipamentos e ao mobiliário durante a ocupação.

O advogado do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da USP, Felipe Vono, disse que eles se queixaram de serem deixados o dia todo sem alimentação e porque os cabelos foram raspados. Inauê Taiguara Monteiro de Almeida, 23 anos, e Vitor Gonzaga, 27 anos, são alunos da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.

Teodomiro de Almeida, que também defende os jovens, contesta a versão da polícia e diz que os rapazes estavam voltando de uma festa em um centro acadêmico quando foram presos. De acordo com ele, existem fotos que comprovam que os estudantes estavam na festa e não participaram da ocupação da reitoria.