Publicidade

Correio Braziliense

UnB: inscrições para o PAS terminam na próxima sexta-feira

Sonho de ingressar na universidade, que é uma das 10 melhores do país, movimenta inscrições no Programa de Avaliação Seriada (PAS), que recebe cadastros até as 18h da próxima sexta-feira


postado em 15/10/2019 06:00

Instituição oferece 4.232 vagas em cursos de nível superior por meio do PAS(foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)
Instituição oferece 4.232 vagas em cursos de nível superior por meio do PAS (foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)
A chance de ingressar em uma das dez melhores universidades do país. É isso que move alunos do ensino médio no Distrito Federal que se preparam para realizar o Programa de Avaliação Seriada (PAS), da Universidade de Brasília (UnB). A instituição abriu as inscrições para as três etapas do processo, direcionadas para estudantes do 1º, 2º e 3º ano. Quem participa da avaliação concorre a uma das 4.232 vagas disponíveis para o ingresso no ensino superior da UnB. A expectativa para o número de candidatos ainda não foi divulgada, mas 56.904 pessoas se inscreveram no ano passado, somando as três etapas. As provas serão realizadas em dezembro.

Os jovens têm até as 18h da próxima sexta-feira para realizar o cadastro na plataforma on-line do Cebraspe, onde devem inserir informações como o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF), e-mail, telefone, opção de língua estrangeira e em qual das cidades listadas no edital deseja fazer a prova. Para quem vai fazer a avaliação pela primeira vez, ainda é necessário enviar uma foto colorida, tirada nos últimos seis meses e com fundo branco. Isabela Andrade de Sousa, 16 anos, é uma das estudantes que irá realizar o PAS 1 e já tem um planejamento bem estruturado. “Começo a estudar geralmente às 15h e dou uma pausa às 18h. Volto às 20h e paro às 22h. Sempre que vou fazer provas, levo chocolate e barrinha de cereal, que são leves. Minhas expectativas são altas, é um sonho cursar Engenharia Ambiental ou Engenharia Florestal”, disse.

Há uma taxa de R$ 118 para realização das provas, que custeia os gastos com funcionários e impressões das provas, por exemplo. O valor pode ser pago até 6 de novembro. Para a primeira e segunda etapa, há isenção para candidatos hipossuficientes, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou de família de baixa renda – que receba mensalmente um valor igual ou inferior a um salário mínimo e meio. Neste caso, o aluno deve preencher um requerimento no site com a indicação do Número de Identificação Social (NIS), atribuído pelo CadÚnico, e a declaração de que é membro de família de baixa renda. Estudantes do ensino médio de escolas públicas do DF também têm direito a isenção, caso comprovem que a renda familiar per capita é igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que a frequência escolar é igual ou superior a 75% das aulas ministradas até o momento da solicitação de inscrição.

Expectativa


Uma das candidatas às mais de 4 mil vagas é Bárbara Lucas Silva de Oliveira, 17, que irá fazer a última etapa do PAS neste ano. Ela conta que se sente ansiosa para o dia da avaliação, mas que a família não coloca uma pressão desnecessária na jovem. “Tentarei a minha primeira opção de curso, que é medicina veterinária. Mas se não conseguir entrar na universidade pelo PAS, também vou fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”, afirmou. Entrar na UnB também é a meta de Jessica Gois, 16, que gosta do método da universidade. “Acho que pelo PAS há mais chances, tanto pela prova ser dividida em etapas anuais, o que deixa o conteúdo menos denso, como também por ter menos concorrência do que no Enem, por exemplo. Espero que seja uma prova tranquila de ser realizada e que dê ênfase nas várias questões sociais.”

*Estagiária sob supervisão de Fernando Jordão

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade