Publicidade

Correio Braziliense

Toffoli iguala teto salarial para professores de estaduais e federais

A liminar ainda precisa passar por análise do plenário, na volta do recesso do STF


postado em 18/01/2020 14:11

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, concedeu, neste sábado (18/1), uma liminar para igualar o teto salarial dos professores de universidades estaduais ao de professores das universidades federais

 

Atualmente, a remuneração dos docentes de universidades estaduais está ligada aos vencimentos dos governadores de cada estado. Agora, com a decisão provisória de Toffoli, a referência é o salário dos ministros do STF, de R$ 39,3 mil.  

 

O presidente do STF atendeu a um pedido do PSD. "A cada dia que passa, corremos o risco de “exportar” para universidades estrangeiras nossa mão-de-obra mais qualificada e mais relevante para o progresso do país", argumentava o pedido. 

 

A ação direta de inconstitucionalidade tramitava na Corte sob relatoria de Gilmar Mendes. Toffoli, como responsável pelo plantão, assinou a decisão monocrática. A liminar ainda precisa passar por análise do plenário do Supremo após o recesso.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade