Ensino_EnsinoSuperior

UnB é reconhecida com nota máxima em avaliação do MEC

A universidade garantiu o maior conceito em três dos cinco eixos analisados. Para o vice-reitor, o investimento no ensino público é essencial para o progresso da sociedade

Ana Lídia Araújo*
postado em 17/03/2020 12:17
A Universidade de Brasília (UnB) foi avaliada com nota cinco, conceito máximo, no processo de recredenciamento institucional do Ministério da Educação (MEC). A avaliação é focada no funcionamento e qualidade acadêmica das instituições de ensino superior. O critério de avaliação gira em torno de cinco eixos principais: planejamento e avaliação institucional, desenvolvimento institucional, políticas acadêmicas, políticas de gestão e infraestrutura.

Dos cinco pontos analisados, a universidade brasiliense garantiu a pontuação máxima em três (confira tabela abaixo). A instituição ;gabaritou; 45 itens, dos 48 avaliados. Cinco eixos foram avaliados, a UnB recebeu nota 5 em três e alta pontuação em duas, resultando no conceito máximo à instituição

Para o vice-reitor da UnB, professor Enrique Huelva, o conceito máximo na avaliação é reflexo do esforço de todo o corpo docente, discente e técnico administrativo da academia. A comunidade universitária tem focado em elevar a qualidade da instituição, tanto em ensino quanto em pesquisas, extensão e gestão. ;É algo que nos deixa muito satisfeitos porque atesta a nossa excelência. Resultado de um trabalho bem feito por todos aqueles que constroem a UnB ao longo desse tempo;, afirma.

;Agora, precisamos analisar os resultados da avaliação do MEC e observar o que ainda podemos melhorar, mesmo nos eixos em que recebemos nota máxima. continuaremos com nossos esforços para garantir essa máxima excelência que, como uma das maiores e melhores instituições do país, almejamos sempre;, assegura o vice-reitor.

Neste ano, as aulas começam com retenção de recursos financeiros na UnB. Mesmo com as dificuldades enfrentadas há alguns anos para lidar com limitações orçamentárias, a instituição mantém o padrão de qualidade. ;Isso pode ser interpretado como, mais uma vez, um sinal do quanto a universidade é importante. É preciso investir no ensino público e em pesquisas científicas que são essenciais para o progresso da sociedade. Sem isso não há como atingir um bom patamar de desenvolvimento econômico;, justifica Enrique Huelva.

O credenciamento é basicamente o processo de avaliação em que as instituições de educação superior precisam se submeter para iniciar as atividades. O recredenciamento é necessário para manter a continuidade do funcionamento e deve ser solicitado ao fim de cada ciclo avaliativo do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), junto à secretaria competente.

A avaliação é condição para a continuidade da oferta de cursos. É a primeira vez que a UnB precisa passar pelo recredenciamento. De acordo com a Secom/UnB, o processo seguia em análise desde 2018.

Para saber mais sobre o processo de avalição da UnB, clique aqui.

*Estagiária sob a supervisão de Ana Sá

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação