Publicidade

Correio Braziliense

Programa de Bolsas de Estudo da Secretaria de Economia abre novas vagas

A inscrições têm início em junho. Serão 138 vagas para o Centro de Ensino Unificado do Distrito Federal (UDF), abertas para servidores e comunidade


postado em 29/05/2020 17:35 / atualizado em 29/05/2020 17:47

Em 8 de junho tem início as inscrições para o processo seletivo do Programa de Concessão de Bolsas de Estudo da Secretaria de Economia. As bolsas são oferecidas para o Centro de Ensino Unificado do Distrito Federal (UDF), referentes ao segundo semestre de 2020.
 
Segunda fase do programa vai ofertar 138 vagas(foto: Divulgação/UDF)
Segunda fase do programa vai ofertar 138 vagas (foto: Divulgação/UDF)
 
O candidato poderá efetuar sua inscrição entre  8 e 10 de junho, pelo site da Escola de Governo do Distrito Federal (Egov), devendo preencher o formulário eletrônico disponibilizado e anexar os documentos solicitados. Na edição passada, que recebeu mais de 1.200 inscrições, os cursos mais concorridos foram direito, enfermagem e odontologia.

Além desses há vagas para administração, ciência política, ciências contábeis, gestão de recursos humanos, gestão pública e relações internacionais, dentre outros. Para ter acesso ao edital e obter mais informações sobre o processo de inscrição, acesse o site.

Critérios de seleção

Ao todo serão oferecidas 138 vagas, destinadas às bolsas de estudo, número referente a 10% de todas as vagas abertas nos cursos ofertados pela instituição, conforme disposto no edital publicado no Diário Oficial (DODF) de 25 de maio. O programa que operar desde o final da década de 1960 é aprimorado a cada edição e facilita o acesso totalmente gratuito ao ensino superior. 

A exemplo da última edição, podem concorrer servidores e empregados públicos do Governo do Distrito Federal, além da sociedade civil. Para este último grupo é necessário ser egresso da rede pública de ensino do DF, comprovar hipossuficiência da renda familiar e ter média mínima de 500 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2019.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade