Publicidade

Correio Braziliense

Coleta de dados do Censo da Educação Superior termina na sexta-feira

Participação é requisito para adesão a programas como o Prouni


postado em 02/06/2020 11:59

(foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)
(foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)
Termina na próxima sexta-feira (5/6) o prazo para a coleta de dados do Censo da Educação Superior (Censup) 2019. A declaração deve ser feita por todas as instituições brasileiras de ensino, públicas e privadas, que ofertam cursos de graduação e cursos sequencias de formação específica.

O Sistema Censup], do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), está disponível para preenchimento dos dados desde 20 de janeiro. Devidos às restrições impostas pela pandemia de covid-19, em abril o Inep prorrogou o prazo para coleta de dados.

Durante o período de preenchimento do questionário, os pesquisadores institucionais (PIs) podem fazer, a qualquer momento, alterações ou inclusões necessárias nos dados das respectivas instituições. Após o período de coleta de dados, há uma fase de conferência e validação dos dados pelo Inep, em colaboração com os pesquisadores institucionais.

O Censup, então, é finalizado, os dados são divulgados e a Sinopse Estatística é publicada. Depois disso não pode mais haver alteração nas informações, pois passam a ser estatísticas oficiais.

O Censo da Educação Superior reúne informações sobre as instituições, cursos e vagas oferecidas, matrículas, ingressantes e concluintes e informações sobre docentes nas diferentes formas de organização acadêmica e categoria administrativa. A participação das instituições de ensino no Censo é requisito para adesão a programas do Ministério da Educação, como o Programa Universidade para Todos (Prouni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e as bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O Censup ainda subsidia o planejamento e a avaliação de políticas públicas, além de contribuir no cálculo de indicadores de qualidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade