Ensino_EnsinoSuperior

Estudante do IFB é finalista da Feira Brasileira de Jovens Cientistas

Wanghley Martins, aluno do ensino médio integrado ao curso técnico em informática, criou um dispositivo para auxiliar no diagnóstico da doença de Parkinson

Isadora Martins*
postado em 26/06/2020 19:00
O estudante do 3; ano do ensino médio do Instituto Federal de Brasília (IFB) Wanghley Martins, 17 anos, está entre os finalistas da Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC), com um projeto da área de medicina. Ele desenvolveu, junto ao professor orientador Fábio Henrique Oliveira, um dispositivo que auxilia no diagnóstico da doença de Parkinson a partir da análise do nível de tremor das mãos do paciente.

Wanghley é pesquisador júnior do CNPq e pesquisador voluntário do Instituto Federal do Paraná;É um projeto que eu desenvolvo há cerca de três anos junto ao IFB. Com o uso de técnicas de ciência de dados, a gente detecta se a pessoa tem ou não a doença. Depois, nós fazemos o prognóstico, ou seja, acompanhamos a evolução da enfermidade nos pacientes;, conta Wanghley, que cursa o ensino técnico em informática integrado ao médio no câmpus Brasília.

Ele lembra que o Parkinson afeta mais de 10 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), e que esse número deve aumentar devido ao envelhecimento da população.

O estudante é pesquisador júnior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pesquisador voluntário do Instituto Federal do Paraná ; câmpus Curitiba. Ele conta que sempre teve vontade de fazer pesquisa e, desde pequeno, está envolvido no mundo da ciência e da tecnologia. Inclusive, já está certo do que pretende fazer profissionalmente depois do ensino médio: ;Quero cursar graduação, mestrado e doutorado na área de tratamento de sinais biomédicos;.

Sobre a Feira

A Feira Brasileira de Jovens Cientistas terá início na noite desta sexta-feira (26) e vai até domingo (28). A apresentação dos projetos ocorrerá na tarde de sábado (27) e será aberta ao público. Ao todo, serão distribuídos nove prêmios, entre eles uma viagem para participar Conferência Internacional de Jovens Cientistas (ICYS) em 2021, na Grécia.

Uma das categorias do evento premiará o projeto que tiver maior alcance. Para isso, é necessário que o público vote na melhor iniciativa. Para escolher a de Wanghley, basta acessar o link.

Mais informações sobre o evento no site
*Estagiária sob supervisão de Ana Sá

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação