Ensino_PosGraduacao

Programa seleciona 130 estudantes para bolsas de estudos de mestrado e aperfeiçoamento profissional 

Os candidatos têm até 31 de maio para enviar as inscrições e concorrer a uma das vagas do Programa Rotary Pela Paz; os selecionados poderão 

Ágatha Gonzaga
postado em 28/04/2020 09:41
Os candidatos têm até 31 de maio para enviar as inscrições e concorrer a uma das vagas do Programa Rotary Pela Paz; os selecionados poderão O programa Rotary Bolsas pela Paz está com inscrições abertas para a seleção de 130 estudantes que participaram do treinamento de formação de lideranças atuantes na solução de conflitos mundiais. Nos últimos anos, o distrito formado pelos estados de Goiás, Tocantins e a capital Federal, de acordo com a associação, foi a unidade que mais selecionou candidatos entre todas do Brasil.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de maio por meio do site da associação. Lá os candidatos encontraram um passo a passo para fazer um teste de elegibilidade, responder cerca de 10 perguntas pessoais, e elaborar cinco textos mentorados por uma equipe. Após esta etapa, ainda será aplicada uma entrevista para selecionar os principais candidatos que serão encaminhados a escolha final da Fundação Rotary até o dia 1; de junho. O resultado deve ser divulgado em novembro deste ano e o início dos cursos está previsto para setembro de 2021 e fevereiro de 2022.

Os beneficiados terão mensalidade, taxas,hospedagem, transporte de ida e volta, além de todas as despesas com estágios e estudos de campo, cobertos pelo programa de bolsas.

Seleção


A seleção será feita a nível mundial envolvendo todas as unidades Rotary espalhadas nos países. Somente em Brasília são 38 filiais a associação internacional. O processo baseia-se nas realizações pessoais, acadêmicas e profissionais dos candidatos.

pós fazer o teste de elegibilidade no site. Desde o lançamento em 2002, mais de 1.300 pessoas se formaram nos Centros Rotary. São trabalhadores de cerca de 115 países na área educacional, policial e militar, e também em governos, ONGs e organizações internacionais como a ONU e o Banco Mundial.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação