Morre educadora brasileira Maria Madalena Rodrigues dos Santos

A consultora da Unesco deixa um estudo pronto sobre boas práticas de gestão escolar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/03/2019 17:55

A educadora Maria Madalena Rodrigues dos Santos morreu no último sábado (23), aos 77 anos. A especialista era coordenadora de um estudo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura  (Unesco) sobre boas práticas de gestão escolar  nas escolas públicas brasileiras. A pesquisa está pronta e deverá ser publicada após revisão e edição.  Pernambucana, Maria Madalena se formou na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), fez mestrado na Universidade Estadual da Califórnia, em Los Angeles e doutorado na Universidade George Washington. 

Unesco/ divulgação
Durante 12 anos atuou no Banco Mundial como líder do setor de educação. Após a aposentadoria, permaneceu trabalhando como consultora do Banco Mundial, desenvolvendo diversos trabalhos e estudos. Também lá, Madalena foi coordenadora dos setores de educação e de desenvolvimento humano, que abrange as áreas de educação, saúde e proteção social. Madalena desenvolveu trabalhos para a promoção da educação em vários países, ajudando nações da América Latina, do Caribe, da Ásia e da África no desenvolvimento de suas políticas de educação, entre esses países estão El Salvador, Ilhas Seicheles e Moçambique.

Na Unesco, ela atuou como consultora sênior na área de educação, desenvolvendo estudos para subsídio de políticas de gestão. 

Em nota, a Unesco lamentou a morte da educadora. “Maria Madalena acreditava no poder da educação de qualidade como ferramenta para transformar vidas. A educadora deixa um legado a ser seguido e um exemplo aos profissionais da área”, afirma o comunicado. 

Madalena não deixa filhos e nem marido. O velório a cremação ocorreram domingo (24).