Medicina, psicologia e direito são os cursos mais concorridos no PAS 2018

Dependendo do curso e da modalidade de concorrência escolhida, demanda registra uma disputa de 400 candidatos por vaga

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/12/2018 13:33 / atualizado em 10/12/2018 11:47

O Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB) ocorre no próximo domingo (9), a partir das 13h. Os 12.260 candidatos que vão fazer a terceira etapa do certame concorrem a uma das 4.222 vagas, sendo 2.112 oportunidades para o primeiro semestre e 2.110 para o segundo de 2019. Na manhã desta quinta-feira (6), o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe) divulgou a lista de concorrência para cada curso (Confira a do sistema universal).
 
Ed Alves/CB/D.A Press
 
 
 
O bacharelado em medicina segue como curso mais disputado. A demanda é de 56,27 por vaga, mas caiu em relação a 2017, quando a demanda foi de 60,35. O curso de psicologia registrou aumento considerável, com 29,88 candidatos por vaga, desbancando direito. Essa graduação, por sua vez, é a terceira mais concorrida (28,47); seguida por odontologia (23,67) e medicina veterinária (19,95). 

No câmpus Ceilândia, o curso de enfermagem é o mais disputado (11,92). Houve pequeno aumento em relação à demanda no ano passado, que era de 11,76. Fisioterapia é o segundo no ranking (11,45), registrando alta em comparação com 2017. O curso de saúde coletiva é o menos concorrido do câmpus. Ao todo, 34 inscritos concorrem a 30 vagas, concorrência de 1,13. 

A graduação em ciências naturais (licenciatura) no diurno é a mais procurada no câmpus de Planaltina, com 1,5 por vaga. O bacharelado em gestão ambiental-noturno é o segundo mais disputado (0,65). No câmpus Gama, a opção de entrada é única e comum a todos os candidatos. Os selecionados optam por uma das cinco modalidades de engenharia ofertadas, ao longo do curso. Mas antes devem passar pela concorrência de 3,23 por vaga. 

Concorrência pode variar bastante para acesso ao mesmo curso

A demanda para o PAS pode ser dividida em três sistemas: universal, de cotas para estudantes da rede pública e de cotas para negros. Assim, existem diferenças grandes de concorrência dentro de um mesmo curso. No mais concorrido (medicina), os inscritos nas cotas destinadas a estudantes de escola pública, com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita e que não se autodeclaram pretos, pardos ou indígenas, têm que lidar com a demanda de 398 candidatos por vaga. No sistema universal, por exemplo, a disputa é de 125. 

No caso de enfermagem no câmpus Ceilândia, a modalidade de candidatos com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita que não se autodeclaram pretos, pardos ou indígenas registra demanda de 163 por vaga. O sistema universal no mesmo curso tem concorrência de 27,09. 

Fique de olho

Data das provas (1ª, 2ª e 3ª etapas): Domingo (9) 

Duração das provas: 5 horas

Abertura dos portões: 12h

Fechamento dos portões: 13h

Alimentação: os candidatos só podem acessar o local de provas com alimentos em recipientes transparentes, tanto embalagens quanto garrafas.


* Estagiário sob supervisão de Ana Sá