UnB divulga média e desvio-padrão das provas do PAS

Os valores servem para que o candidato possa calcular o argumento final no programa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/01/2019 21:39 / atualizado em 31/01/2019 21:57

Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press
O Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, antigo Cespe) divulgou, nesta quinta-feira (31), a média e o desvio-padrão das provas de cada etapa dos candidatos não eliminados do subprograma 2016/2018 do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB). 


A média e o desvio-padrão são usados no cálculo do argumento final de cada estudante, nota essa que define a classificação no processo seletivo. 

O cálculo da média é feito a partir da quantidade de inscritos não eliminados e a partir das notas obtidas por eles em cada uma das etapas. 

Quanto ao desvio-padrão, a equação é feita com base na média. “Cada candidato tem uma certa distância da média. O desvio-padrão é a média dessa distância", explica Marcus Vinícius Soares, coordenador de Pesquisa em Avaliação do Cebraspe. 

As fórmulas estão disponíveis no item 4.7.1.6 do edital nº 1 de abertura do subprograma 2016/2018, de 6 de setembro de 2016. 

Com esses valores, é possível calcular a nota obtida em cada etapa do programa. Após isso, pode-se chegar ao argumento final. “Deve-se seguir estritamente o que está no edital para calcular o argumento final”,  comenta Marcus Vinícius Soares. 
 

Ficou confuso?


Os critérios de eliminação do PAS

 

É eliminado do programa o estudante que: 

- faltou a segunda etapa
- faltou a terceira etapa
- teve escore bruto menor ou igual a zero na parte 1 da terceira etapa
- teve escore bruto menor ou igual a zero na parte 2 da terceira etapa
- apresentou soma das notas da redação menor que 20 (considerando que a nota da redação na primeira etapa tem peso 1; na segunda etapa, peso 2; e na terceira etapa, peso 3) 

Resultados


Esses estudantes poderão concorrer a oportunidades nas próximas chamadas para o primeiro semestre e, mais para a frente, na convocação para ingresso no segundo semestre do ano, a partir de 15 de março. No entanto, o simples fato de ter o nome na lista não garante aprovação. Os interessados devem acompanhar a liberação de resultados no site .
 
 
 
*Estagiárias sob a supervisão da subeditora Ana Paula Lisboa