Aplicativo auxilia estudantes na preparação para o Enem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/07/2013 16:33 / atualizado em 04/07/2013 17:46

divulgaçao
A Positivo Informática lançou um aplicativo para que alunos do Ensino Médio possam aprofundar seus conhecimentos sobre os conteúdos avaliados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Disponível para dispositivos móveis (iOS e Android) e máquinas  com sistema operacional Windows, o Aprimora Ensino Médio é baseado no conceito de aprendizagem individualizada com o uso de um ambiente de autoavaliação online.


Por meio de um sistema de estudo que respeita o nível de aprendizagem de cada usuário, o aplicativo faz o aluno percorrer um caminho de estudo próprio. Há também a apresentação de questões resolvidas, vídeos e conteúdos de apoio para um melhor desempenho. Voltado especialmente para candidatos do Enem e vestibular, o software auxilia a fixação dos conteúdos e o desenvolvimento de habilidades, além de ajudar os estudantes a compreenderem e se familiarizarem com o formato multidisciplinar e contextualizado das questões.

Cada usuário tem à disposição um banco com mais de duas mil questões, sendo quinhentas inéditas, elaboradas por especialistas com base no conteúdo cobrado pelo Enem. As perguntas são apresentadas de forma progressiva de complexidade e, conforme o desempenho do estudante, há o nivelamento e lançamento de novas questões mais ou menos complexas. Após a resolução de um quesito, são oferecidos outros relacionados ao mesmo assunto. O sistema também sugere textos e vídeos com a resolução comentada.

O aluno pode acompanhar o desempenho por meio de gráficos que mostram a evolução com a pontuação obtida por área de conhecimento. Entre outros indicadores de desempenho, também é possível ver o número de questões respondidas por módulo, a quantidade de acertos e erros e o tempo médio de resposta. Para utilizar o Aprimora Ensino Médio e viabilizar a transferência de dados entre o aplicativo, cliente e o banco de dados, é necessário que o dispositivo do aluno esteja conectado à internet.

As escolas interessadas em ter o programa devem fazer a solicitação através do Portal Educacional.