Mercadante faz balanço positivo e reconhece grande êxito do exame

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/10/2013 15:03 / atualizado em 28/10/2013 15:12

João Neto/MEC
Encerrados os dois dias de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, fez um balanço positivo neste ultimo domingo (27). Em coletiva à imprensa em Brasília, o ministro afirmou que a realização do exame transcorreu sem incidentes graves.


“Foi um grande êxito. Não registramos nenhum problema que tenha prejudicado o exame. A gente aprende a cada ano e estamos sempre buscando aprimorar”, ressaltou Mercadante. “Muitas portas se abrem a partir deste Enem”, completou.

Ao lado do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Luiz Cláudio Costa, e do secretário executivo do MEC, Henrique Paim, Mercadante informou que o Enem deste ano registrou abstenção média de 29%. De acordo com dados preliminares do MEC e do Inep, 5 milhões de candidatos fizeram as provas este ano. Esta edição teve o número recorde de 7.173.574 milhões de inscritos.

O ministro comentou o tema da redação deste ano – Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil. Segundo ele, o tema dialoga bastante com a juventude e com as noções de cidadania.

Os gabaritos serão divulgados até a próxima quarta-feira, 30, na página do Inep na internet. O resultado final será divulgado na primeira semana de janeiro. O ministro ainda lembrou que, assim como no ano passado, os candidatos terão acesso ao espelho da correção para fins pedagógicos.

Monitoramento
Durante os dois dias de provas do Enem, o MEC e o Inep monitoraram todo o processo nas redes sociais. Neste ultimo domingo, 27, 12 jovens foram eliminados por postarem fotos nas redes sociais. Até o momento, 36 participantes foram eliminados por postarem fotos nas redes sociais, conforme prevê o edital.