Trabalho e Formacao

Cursos on-line são opção para preencher o tempo durante a quarentena

Cursos a distância podem ser uma boa opção para trabalhadores e estudantes se manterem atualizados, aprenderem habilidades novas e fazerem bom uso do tempo livre que passaram a ter durante o período de isolamento social

Ana Paula Lisboa
postado em 29/03/2020 14:32 / atualizado em 08/10/2020 11:31
Uma pandemia global que exige que nos distanciemos para preservar a saúde uns dos outros e, assim, desencadeia mudanças radicais no mercado de trabalho. O coronavírus é motivo de preocupação mundial e tem causado transformações numa velocidade antes inimaginada em todos os campos da vida. Tudo isso resulta, em maior ou menor escala, dependendo do país, em mais gente dentro de casa e, consequentemente, ganho de tempo em certo sentido. Obviamente nem todos os profissionais podem desempenhar suas funções em home office.
 
Guilherme Mendes,Estudante 
Os que migraram para o teletrabalho, porém, ganharam, pelo menos, o tempo que gastavam se locomovendo para o emprego que, agora, pode ser destinado a outras finalidades. É verdade que, para muitos pais, que passaram a não contar com creche e escola para os filhos, aumentou a carga de trabalho doméstico. No entanto, várias atividades comunitárias passam a não existir. Há pessoas que foram dispensadas do trabalho durante a pandemia, outras que foram, de fato, demitidas e empreendedores que se veem sem serviço porque foram obrigados a fechar ou porque os clientes sumiram…
 
Tudo isso resulta numa massa de profissionais com mais intervalos ociosos pela frente. O que fazer durante uma temporada em que se deve ficar mais em casa depende de cada um e não deve haver pressão para sentir-se forçado a ser produtivo o tempo todo — afinal, este momento já é difícil o bastante e é compreensível que certo desânimo se faça presente. No entanto, muitos têm apostado numa boa saída para se entreter e, ao mesmo tempo, aprender: a educação a distância (EAD).

Distração e aprendizado

Para Guilherme Mendes, 18 anos, a pandemia é fonte de apreensão. “O coronavírus me trouxe grande preocupação por ter um irmão asmático e meus pais terem mais de 50 anos. Por isso, tenho ficado em casa o dia todo, todos os dias”, relata. Apesar do lado triste da situação, o jovem encontrou na EAD uma saída para aproveitar bem o tempo: ele está fazendo cursos on-line sobre programação e tecnologia na plataforma Alura.

“Os cursos distraem bastante e me dão um foco durante este período de reclusão. Infelizmente, o coronavírus faz com que eu tenha mais tempo para essas aulas”, comenta. O jovem tem acessado os conteúdos pela manhã e praticado pela tarde. “A situação limitou complemente as outras atividades que eu tinha no período, como esportes e lazer externo.” Guilherme começará o curso de engenharia da computação na Universidade Federal de Goiás (UFG) em agosto.

Ele aproveita para aprender sobre temas como programação de websites e business inteligence, visando aperfeiçoamento na carreira que escolheu. Ele reconhece, porém, que é importante ter equilíbrio nas atividades e entende que a saúde mental é fundamental para o bem-estar físico. Por isso, Guilherme não abre mão de também descansar, meditar, jogar no computador com amigos e ler.

Esforço que será valorizado

Lucas Luna de Lima, administrador e analista financeiro 

Aproveitando a onda de procura por cursos a distância por causa da pandemia, várias instituições de ensino têm oferecido cursos gratuitos ou com preços reduzidos. De acordo com Kerullen Pimenta, gerente de Serviço e Qualidade da multinacional suíça de recrutamento e seleção Adecco, esse tipo de atitude tem tudo para ser valorizado por headhunters e chefes. “Manter-se atualizado e capacitado fará toda a diferença quando o mercado reaquecer”, diz.

“A busca por conhecimento demonstra o quanto o candidato está comprometido com a recolocação e a própria carreira”, avalia. A especialista em gestão estratégica de pessoas argumenta que é preciso ver nas ferramentas para aprendizado virtual uma oportunidade de investimento pessoal. “Mesmo neste momento tão delicado que estamos vivendo, temos que aproveitar para nos dedicar a coisas que muitas vezes não conseguimos em função da correria da nossa rotina”, sugere.
 
“Dá para transformar este período em uma época de autoconhecimento, focando em nosso desenvolvimento pessoal”, diz. “Assim, podemos tirar algo positivo disso tudo, pois teremos mais disponibilidade para focar em nós, por exemplo, fazendo capacitações, cursos e treinamentos on-line”, completa. Para oferecer ao público opções de formação durante essa crise, a Adecco, onde Kerullen trabalha, lançou, pela primeira vez, um programa de EAD e abriu inscrições para aulas gratuitas sobre comunicação interpessoal e como lidar com mudanças e cenário de incerteza.

Para se atualizar

O administrador Lucas Luna de Lima, 25 anos, se inscreveu no primeiro treinamento, que ensina a se comunicar com segurança. “Achei uma iniciativa muito boa, pois visa ajudar tanto quem está empregado quanto quem está em busca de recolocação a se desenvolver na vida profissional e pessoal. Esse tema é muito importante, não só para o trabalho e pode agregar muito”, comenta. Lucas atua como analista financeiro, tinha um contrato temporário de trabalho que se encerrou recentemente e está em busca de emprego.

Ele tem aproveitado o tempo livre que surgiu após isso e que aumentou com o coronavírus para fazer cursos on-line e estudar inglês. “Neste momento de insegurança, é bom manter-se atento e atualizado.” O jovem tinha experiência prévia com educação a distância, pois havia feito alguns cursos na área financeira, e se adaptou bem ao formato por causa da flexibilidade e da autonomia que esse tipo de capacitação oferece.

Fazer do limão uma limonada

Daniella Brilha, diretora de marketing e responsável por plataforma de cursos profissionais 

“Nesse momento em que estamos fisicamente isolados, a internet possibilita que estejamos virtualmente juntos e conectados. Vale aproveitar este momento para se aperfeiçoar, aprender algo novo e se manter atualizado sobre as notícias do mundo e também da sua área de atuação”, afirma Daniella Brilha, diretora de Marketing na Belliz Company, onde é responsável pela contratação de pessoal em áreas da empresa.

Administradora pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com MBA em marketing na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), ela observa que um diploma, hoje em dia, não basta para garantir uma contratação. É apenas um pré-requisito de início de trajetória. Recrutadores já têm a expectativa de que os profissionais busquem se aperfeiçoar e atualizar por meio de cursos. Quem fica parado em termos educacionais também trava o próprio desenvolvimento profissional.

“A educação é claramente muito importante desde a formação e possibilita a longevidade profissional”, aponta. “No início de carreira, o maior peso está na formação acadêmica ou técnica, em suma, pela reputação da instituição onde a pessoa estudou e suas credenciais. Mas, à medida que o profissional avança na carreira, os locais em que atuou e os resultados alcançados começam a pesar mais.” E, para mostrar melhor rendimento, aprender novas técnicas e habilidades faz a diferença.

Com experiência em liderança e treinamento de funcionários, Daniella é responsável pelo desenvolvimento do projeto VTX LAB, que oferece cursos profissionalizantes a distância para profissionais da beleza. “A plataforma fornece conceitos e fundamentos para quem quer começar a carreira como barbeiro ou cabeleireiro ou para quem já atua na área e quer se aperfeiçoar e ficar conectado.” O site é totalmente gratuito.

Turbinar habilidades

Vanessa da Silva Leite Orsi,cabeleireiraEntre as pessoas que já aproveitaram as aulas on-line do site está a cabeleireira Vanessa da Silva Leite Orsi, 38. Ela foi gestora de RH por 13 anos e, há seis, passou a atuar na área da beleza. Ela está cumprindo aviso-prévio no salão onde atua. A pandemia de Covid-19 torna a busca por emprego muito difícil: comerciantes estão temerosos e fechando vagas. Além disso, existe temor da própria doença, que dificulta ser chamado para uma entrevista.

“Eu tinha o hábito de fazer cursos on-line, mas, com a quarentena, isso se intensificou já que os processos seletivos estão congelados. Um pouco mais de tempo livre favoreceu os estudos”, comenta Vanessa. “Meu maior impacto com o coronavírus está por vir. Não sei como ficará minha casa e minha família com a falta de emprego já que não sabemos quando tudo voltará à normalidade.” A cabeleireira tem usado o tempo livre com sabedoria, para se aperfeiçoar na própria área de atuação.

“Confesso que tenho medo em alguns momentos e, quando paro para pensar nos familiares em grupo de risco, que não posso ver, bate um aperto... O estudo é uma forma de distração”, conta. “Neste momento, estou fazendo o curso de visagismo da VTX LAB e concluí o de escovação e modelagem na plataforma também.”

Além de passar o tempo, Vanessa acredita que o investimento nas aulas on-line compensará mais para a frente, quando os cursos poderão ser um diferencial para o currículo e para a prática dela na área. “É sempre bom conhecer novas técnicas. De fato, estarei mais preparada em minha próxima jornada profissional”, acredita.

Três perguntas para

Cursos a distância podem ser uma boa opção para trabalhadores e estudantes se manterem atualizados, aprenderem habilidades novas e fazerem bom uso do tempo livre que passaram a ter durante o período de isolamento social 

Kerullen Pimenta, gerente de Serviço e Qualidade da empresa de recrutamento e seleção Adecco; formada em administração de empresas e pós-graduada em gestão estratégica de pessoas, com vivência em recrutamento, seleção e gestão de equipe

Com a pandemia de coronavírus, aumenta a procura por cursos on-line?
Sim. Esse mercado já vem crescendo, empresas já adotaram treinamentos e capacitações de e-learning, e as pessoas estão muito mais seguras com formações a distância. Agora, com a disponibilidade de tempo que teremos, as pessoas provavelmente ficarão atentas e na busca de meios para preencher o tempo livre.

Qual a importância de usar o tempo livre para estudar e fazer um curso on-line? Que diferencial isso trará para um profissional?
Com o tempo mais livre, conseguiremos nos dedicar mais e absorver mais informações, permitindo aprimorar habilidades e conhecimentos, sejam eles profissionais, sejam pessoais. Além disso, os cursos on-line nos oferecem mais flexibilidade de tempo e disposição. É importantíssimo nos mantermos atualizados, pois a velocidade das mudanças aumenta a cada dia. Estar atualizado e com o seu conhecimento em dia pode abrir grandes oportunidades.

Como as pessoas podem se automotivar e ter disciplina para terminar um curso on-line? 
Afinal, a falta de autodisciplina é um dos grandes empecilhos para quem não está acostumado om o formato. Mesmo em casa, temos que ter uma rotina com horários preestabelecidos. O ideal é que a pessoa tenha uma agenda com as atividades do dia desde o café da manhã, incluindo trabalho, estudo e até o lazer em família. Com organização e foco, é mais fácil manter a motivação. Colocar um post-it com seu maior objetivo na sua mesa de estudo ou de trabalho também ajuda. É uma ferramenta para lembrar que este momento também vai passar e qual o caminho a percorrer.

EAD exige didática própria

Isabela Villas Boas, doutora em educação e gerente corporativa da Casa Thomas Jefferson 

Ao mesmo tempo em que a educação a distância surge como alternativa de entretenimento e fonte de atualização e aprendizado durante o período de isolamento, ela também se torna praticamente a única alternativa para que cursos antes presenciais tenham continuidade. Até para a educação básica, o Ministério da Educação (MEC) autorizou o formato. Estudantes que, outrora, nem cogitavam ter aulas mediadas por dispositivos digitais precisam se adaptar ao formato.

E, talvez o mais difícil, em todo o mundo, instituições e professores sem costume com ensino remoto se veem quase obrigados a migrar para o mundo digital. No entanto, não se constrói uma boa EAD apenas passando os mesmos conteúdos das aulas presenciais para o formato on-line. Se não, os encontros tendem a ter baixo rendimento e não prendem a atenção do aluno. Outro problema pode estar no amadorismo de quem não entende do assunto, mas necessita, por causa do coronavírus, disponibilizar conteúdos numa nova configuração.

Falhas técnicas, vídeos e áudios sem qualidade também atrapalham. Talvez por isso pipoquem no país queixas de estudantes universitários brasileiros sobre o modo como faculdades, a fim de não cancelar o semestre e parar de cobrar mensalidades, adotaram a EAD. Alunos de várias instituições tentam negociar redução de cobranças devido à baixa qualidade dos serviços prestados. Há vários abaixo-assinados de estudantes nesse sentido.

Para funcionar de verdade, o ensino digital requer uma didática totalmente adaptada. É o que afirma Isabela Villas Boas, doutora em educação pela Universidade de Brasília (UnB) e gerente corporativa acadêmica da Casa Thomas Jefferson. “Um professor, universitário ou não, que nunca foi aluno de curso on-line, nunca deu curso on-line, e alguém falou que, amanhã, ele vai ter que dar aula on-line, não dará uma boa aula”, diz. Ou seja, é necessário toda uma adaptação para o formato.

Adaptação

Na escola de inglês onde Isabela trabalha, os educadores estão sendo treinados para passar a dar aulas mediadas pela internet a partir desta segunda-feira (30/3). “Nossos professores já têm um letramento digital bom, não somos totalmente inexperientes nisso e estamos nos preparando para isso há vários dias”, conta. “Estamos fazendo o possível para que nossa aula on-line seja a melhor experiência possível.” Para evitar problemas, como alunos com acesso limitado à internet, as aulas poderão ser acessadas por meio de celulares e, se a internet estiver fraca, o estudante poderá optar por entrar no ambiente virtual por uma ligação telefônica.

“Vai ser um período de adaptação e estamos tomando cuidados”, informa a mestre em ensino de inglês como segunda língua pela Universidade do Estado do Arizona. Inicialmente, a Casa Thomas Jefferson cancelou as aulas e considerou recesso, mas, ao perceber que a situação seria mais demorada de resolver, entrou no movimento de ensino a distância, adotado agora por várias escolas de línguas do Distrito Federal.

Para manter os 15 mil alunos ocupados enquanto as aulas on-line não começavam e também dar oportunidade de aprendizado para a comunidade externa, a instituição criou uma plataforma gratuita e aberta a todos os interessados em entrar em contato com a língua inglesa. “São exercícios, atividades, jogos, vídeos, leituras, notícias sobre coronavírus em inglês, hangouts de conversação, plantão de dúvidas e uma variedade de outros conteúdos”, explica Isabela. Um dia após entrar no ar, o site teve 4 mil acessos.

“Fizemos pensando em nossos alunos, mas a gente se solidariza com a situação atual. Outras pessoas podem entrar, se beneficiar e desfrutar. Neste momento, a gente tem que pensar em servir a comunidade.” A professora chama a atenção para a chance de aproveitar um período difícil para fazer algo positivo. “É uma oportunidade de as pessoas lerem, estudarem, aprenderem o que não conseguiam antes por falta de tempo porque até ficar na Netflix cansa. Como diz o ditado, se te dão um limão, faça uma limonada.”

Ela sugere também tentar ter um olhar otimista. “É um momento de reclusão, de ficar mais calmo e tranquilo e aproveitar isso, porque nossa vida é tão corrida. Dá para tirar algo proveitoso disso tudo.” Isabela vê como vantajoso ganhar experiência com a EAD, pois isso ajuda as pessoas a desenvolverem as capacidades de trabalhar remotamente, aprender sozinho e se autorregularem, que são “diferenciais do profissional do futuro”. E quem sabe tudo isso ainda desencadeie uma mudança de paradigma na educação. “As pessoas estarão mais abertas a fazer cursos EAD depois disso.”

Análise / Ponto a ponto

Professor de gestão de pessoas na Universidade Livre de Berlim, Markus Helfen vê com bons olhos a aposta em cursos a distância, desde que sejam formações de qualidade, de fato adaptadas para o mundo digital. PhD em administração pela Universidade Aachen e mestre em economia pela Universidade de Trier, ele faz um contraponto com relação à ideia de mais tempo livre durante a pandemia do coronavírus: para muita gente, isso não existe. Confira a análise:
 

Período ocioso? Não para todos

“Esta ideia de que as pessoas têm mais tempo livre com esta crise do coronavírus... Será que isso está certo? Isso é complexo, depende. As pessoas gastam muito tempo para se acostumar a esta nova situação. Muitas rotinas simplesmente não funcionam mais. No meu caso, posso ver isso claramente pelo fato de as crianças não irem à escola. Antes, podíamos contar que, das 8h às 16h, elas estariam no colégio ou creche, algo que agora não acontece. Então, o fardo se torna mais pesado para muitas famílias. Pense, então, em quem tem idosos em casa e precisa animá-los durante esse período de distanciamento… Mas, olhando a totalidade dos trabalhadores, muitos têm mais tempo em casa porque saem de suas rotinas tradicionais (e não precisam mais gastar tanto tempo na locomoção para o trabalho por exemplo).”

E-learning
“Dito isso, acho que aqueles que têm mais tempo livre agora podem considerar as opções de e-learning disponíveis. Há uma série de oportunidades facilmente acessíveis e, mais do que antes, a oferta de EAD é mais rica em qualidade e quantidade. Bons cursos a distância precisam fazer uma combinação adequada de conteúdo e ambiente digital, precisam explorar realmente o potencial das novas tecnologias.”  
 
Adaptação didática para e-learning
“Neste momento, mais pessoas e instituições, incluindo universidades, precisam migrar seus cursos para a internet. Às vezes, a ideia é simplesmente colocar on-line o mesmo conteúdo que seria ministrado presencialmente. Isso talvez seja até disfuncional. Afinal, a aprendizagem mediada pela internet permite uma gama muito maior de possibilidades de aprendizagem adaptada e individualizada. É preciso fazer uma combinação acertada de aulas, textos e exercícios em vez de, simplesmente, transmitir pela internet uma palestra de uma hora e meia. É claro que há algumas outras coisas que têm de ser consideradas para produzir um conceito didático realmente significativo na EAD.”
 
Como escolher um curso a distância
“Para aqueles que têm tempo livre, a situação favorece escolher opções realmente boas de EAD. As pessoas devem analisar o objetivo da formação a distância pela qual se interessam em fazer. É importante ser seletivo, verificar as ofertas, entender o que se pode aprender com elas.” 
 
Tendência na Alemanha
“Aqui, a EAD já era tendência há algum tempo. Num momento em que o ensino a distância é, por vezes, a única alternativa para que haja ensino, essa tendência se acelera e se consolida. Instituições e educadores são demandados a ensinar pela internet. No entanto, é preciso considerar que conceitos inteligentes de e-learning requerem recursos apropriados, pessoas treinadas e com tempo para desenvolver isso. Então, no caso de cursos presenciais, é preciso de tempo e preparação para fazer uma migração de qualidade para a EAD.” 

Ache um curso para chamar de seu!

Cursos a distância podem ser uma boa opção para trabalhadores e estudantes se manterem atualizados, aprenderem habilidades novas e fazerem bom uso do tempo livre que passaram a ter durante o período de isolamento social 

Quem sabe este período de quarentena possa servir para você aprender algo que precisava ou tinha vontade, mas não tinha tempo? Confira opções de capacitações, totalmente, gratuitas on-line

Plataformas

Udemy
A rede tem mais de 1.000 cursos gratuitos para quem deseja aprender tecnicas basicas de informatica: de excel a aulas mais complexas, como programação para crianças com ferramenta do mit. Professores também liberaram conteúdos gratuitamente para incentivar quem está em casa. Acesse

Learncafe

2.231 cursos on-line grátis e com certificado estão disponiveis na plataforma, que tambem oferece conteúdos pagos. Ioga, autoCad, horta caseira e atendimento em restaurantes são apenas alguns exemplos de temas de estudo. Acesse

Sistema s

Senac

A plataforma Senac EAD, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, disponibiliza gratuitamente diversos cursos de extensão universitária, nas áreas de educação (Docência e mediação pedagógica online, Elaboração de materiais didáticos com recursos tecnológico, Produção de conteúdos para EAD), gestão (estratégias de negociação internacional, gestão das potencialidades humanas e avaliação de desempenho, logística internacional e operações globais, primeiros passos para empreender, planejamento estratégico orientado ao setor público e supply chain management) e saúde (envelhecimento cerebral e saúde mental na velhice), além de cursos livres: administração do tempo, aproveitamento integral de alimentos, congelamento de alimentos, desenvolvimento de equipe, estilo e imagem pessoal, finanças pessoais — planejamento e controle, fundamentos para o relacionamento interpessoal, Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, líder coach e planejamento e organização de eventos sociais. As inscrições devem ser feitas no site. Todos os participantes receberão certificados com validade em todo território nacional. 
 
Cursos a distância podem ser uma boa opção para trabalhadores e estudantes se manterem atualizados, aprenderem habilidades novas e fazerem bom uso do tempo livre que passaram a ter durante o período de isolamento social
Senai
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (senai) oferece 12 cursos on-line gratuitos com certificação. Os temas são: consumo consciente de energia, desenho arquitetônico, educação ambiental, empreendedorismo, finanças pessoais, fundamentos de logística, logística de programação, propriedade intelectual, segurança do trabalho, metrologia, noções básicas de mecânica automotiva e tecnologia da informação e comunicação. Todos os cursos dão certificado aos alunos. 
Acesse. veja mais cursos on-line da instituição em eadsenaies.com.br.

Sebrae
Gestão financeira, boas práticas nos serviços de alimentação, como vender pela internet e marketing digital são conteúdos que empreendedores e outros interessados podem aprender a partir de cursos grátis do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (sebrae). Acesse
 
IEL
O Instituto Euvaldo Lodi oferece cursos on-line e webinars gratuitos voltados à area de gestão. Ao todo, estão disponíveis 11 cursos a distancia e três seminários pela internet. Os cursos estão com inscrições abertas. A duração de cada um varia entre uma hora e 16 horas. Os temas abordados vao de Big Data e inteligência artificial à gestão financeira e elaboração de plano de negócios. Os webinars têm uma hora de duração e como temas gestão de crises, gestão de talentos remotos e produtividade em home office. Os seminários serão ministrados em 8, 15 e 22 de abril, respectivamente, sempre às 20h. As inscrições podem ser feitas pelo link

Grupos educacionais

Afya Educacional
O grupo de educação médica decidiu abrir sua plataforma de ensino, que prepara alunos do quinto ao sexto ano de medicina (internato) para provas de residência médica, gratuitamente para faculdades de medicina particulares ou públicas. O objetivo é ajudar alunos de medicina a continuarem estudando, mesmo durante a pandemia. As faculdades devem acessar o sistema para poder liberar as aulas para seus alunos em www.afya.com.br/internato

Rede Enem
A instituição liberou mais de 5 mil aulas, vídeos, infográficos, simulados on-line e atividades para alunos de ensino médio, professores e escolas utilizarem de graça nesse período de colégios e cursinhos fechados. Também serve para quem já saiu do ensino médio e quer se preparar para seleções de ingresso ao ensino superior. Com acesso simplificado às aulas, o tempo em casa pode ser transformado em aprendizagem e conhecimento. Acesse
 
Avante
A empresa de soluções em ead distribui 1 milhão de bolsas para 35 cursos profissionalizantes e on-line, com duracao de 40 horas cada. Os beneficiados receberão certificado. São ofertadas aulas nás areas de informática, negócios, habilidades, produtividade, saúde e finanças. Alguns exemplos de opções são: Excel, contabilidade básica, gestão de conflitos, abrindo um novo negócio digital, técnica de vendas, liderança, cuidados com crianças e idosos, entre diversos outros. Interessados nas bolsas deverão escolher apenas um curso: o limite é de uma capacitacao por CPF. Para participar, o interessado deve ter mais de 16 anos e ter cursado ou cursar o ensino médio. Acesse

Person
A empresa de aprendizagem libera assinatura gratuita para plataforma de streaming voltada à capacitacao de professores. Trata-se da Teacherflix, que tem 150 horas de cursos, incluindo conteúdos que podem ajudar o educador a adaptar aulas para o período de isolamento social. O Teacherflix oferece duas possibilidades de certificação ao usuário: uma com carga horária de 12 a 30 horas e outra, de 150 horas, para quem optar por uma trilha de aprendizagem. Nesse formato, os professores escolhem um caminho de formação organizado por temas, como educação infantil, legislação educacional, didática, neurociência e educação, pensadores na educacao, planejamento escolar, tecnologia educacional, entre outros. Acesse

Microcamp
A rede de escolas de informática criou a Maratona Microcamp e está disponibilizando palestras e aulas on-line gratuitas sobre tecnologia, inglês e comportamento no facebook da empresa. O acesso pode ser feito pelo link. Tem opção para quem quer aprender a montar um PC, editar vídeos ou criar projetos de robótica sem sair de casa. Tem também oportunidade para aqueles que querem aprender a fazer aquela apresentação em power point que sempre deu o maior trabalho. Ma área comportamental, há palestras sobre educação financeira, marketing, pessoas e empreendedorismo.

Colégio Praxis
Com mais de 40 anos de tradição, a escola localizada em São Paulo disponibiliza 12 cursos gratuitos, entre eles: redes sociais, auxiliar administrativo, informática, inteligência emocional, entre muitos outros, que vão colaborar e acrescentar ao currículo dos participantes. Acesse

Supera
A escola de ginástica cerebral oferece aulas on-line para alunos de todas as idades poderem manter o cérebro ativo durante o período de quarentena, com atividades divertidas e desafiadoras. Mesmo para quem não é aluno da rede de escolas, a Supera disponibilizou o acesso gratuito à sua plataforma on-line de exercícios para o cérebro por 30 dias. Pra saber mais, acesse. Entre no link, faça o cadastro. Clique em “ASSINE JÁ” e preencha com o código SUPERAEVOCE em “Cupom Promocional”.

Camino Education
Durante esse período em que muitas escolas estão com aulas suspensas, professores podem se capacitar por meio de série de lives com o objetivo de apoiar a formação dos educadores em aprendizagem ativa. As formações serão conduzidas por Letícia Lyle, uma das fundadoras e diretora educacional da Camino. As lives também contarão com a participação de convidados, especialistas do segmento educacional. Os encontros virtuais começaram na sexta-feira (27/3) e seguem até 9 de abril. Para se inscrever, acesse

Cogna
O grupo educacional disponibiliza cursos on-line gratuitos para garantir rotina de estudos e aprimoramento de carreira por meio de suas marcas de educação básica (Saber e Somos) e de ensino superior (Kroton e Platos). Em plataforma da Kroton, são 51 cursos gratuitos para o público em geral e com certificado de conclusão. Os conteúdos estão disponíveis na plataforma da Aliança Brasileira pela Educação: ava.aliancapelaeducacao.com.br. Confira alguns dos temas disponíveis: empreendedorismo, educação ambiental, empregabilidade, democracia/ética e cidadania, desenvolvimento de carreira, processo seletivo, cultura digital, entre outros.
 

ENS

A Escola de Negócios e Seguros (ENS) oferece uma ampla grade de ensino online (EaD), incluindo opções de cursos gratuitos e com descontos de até 30% até o fim de abril. As temáticas são seguros, negócios, gestão de pessoas, marketing e recursos humanos, entre outras. A ação engloba 14 cursos técnicos e oito de extensão. Os cursos técnicos abordam temas como direito do seguro, estratégias de comercialização, matemática financeira, negociação, seguros de riscos de engenharia, entre outros. Já os cursos de extensão tratam de assuntos como comportamento do consumidor, gestão de pessoas e equipes, gestão de seguros patrimoniais e marketing de serviços. Acesse

SPUTNiK
Hub de educação corporativa, a escola oferece diversos cursos que se aprofundam em conteúdos que vão além do técnico, como mudança de mindset, produtividade, propósito e autoconhecimento. Acesse

EMPRESAS 

Faber-Castell
A fabricante de material escolar oferece cursos on-line gratuitos para entreter e ensinar crianças e adultos durante o periodo de distanciamento social. São 17 opções de cursos de desenho (incluindo várias técnicas e até lettering). Para praticar em casa, basta ter lápis, borracha e lápis de cor. Confira as capaçitações que são ministradas por ilustradores, disponíveis em cursos.faber-castell.com.br.
 
Cursos a distância podem ser uma boa opção para trabalhadores e estudantes se manterem atualizados, aprenderem habilidades novas e fazerem bom uso do tempo livre que passaram a ter durante o período de isolamento social 
SAS
A empresa de analytics liberou por 30 dias o acesso gratuito sua plataforma de cursos em ambiente on-line, visando a alta capaçitação de profissionais e pessoas interessadas no uso de tecnicas e ferramentas de analise de dados. O objetivo é permitir a capaçitação tecnológica em programas, analytics, gestão de dados e outras competências de negócios. Há mais de 100 capaçitações disponíveis em inglês. Entre os programas disponíveis estão conteúdos recentes sobre data science, curadoria de dados, advanced analytics, intêligencia artificial, machine learning, deep learning e gestao de fraudes, além de diversos cursos voltados para as plataformas, como viya, visual analytics, dashboarding etc. Confira o site

Caelum Alura
O grupo Caelum Alura oferece, entre esta segunda-feira (30/3) e 10 de abril, a campanha #quarentenadev, disponibilizando aulas exclusivas de lógica de programação, javascript, HTML, CSS, entre outras. A ideia é criar uma oportunidade para quem quer ingressar na área de tecnologia, aproveitando este período em que mais pessoas estão em casa. Haverá também grupos de discussão, lives para tirar dúvidas de exercícios e meetups on-line. Para participar, é preciso se inscrever no site até este domingo (29/3) no sIte. não há pré-requisito para participar.
 
Cursos a distância podem ser uma boa opção para trabalhadores e estudantes se manterem atualizados, aprenderem habilidades novas e fazerem bom uso do tempo livre que passaram a ter durante o período de isolamento social
Archademy
A construtech Archademy, aceleradora de escritórios de arquitetura e design do país, tornou gratuito o acesso à sua plataforma de ensino a distância para que todos os profissionais da área possam continuar se capacitando, mesmo durante a pandemia do coronavírus. Arquitetos e designers do país poderão assitir a mais de nove horas de cursos de gestão, marketing digital e vendas. Acesse

Omie
Empresa de software libera acesso a cursos de empreendedorismo e software de gestão para MEIs e pequenas empresas a fim de apoiar empreendedores durante o período de isolamento. Os usuários podem escolher, sem nenhum custo, entre cursos de programação neurolinguística, lideranca e gestão de pessoas, finanças pessoais, otimização de redes sociais e business process outsourcing (bpo), entre muitos outros. Acesse

Trevisan
A escola de negócios de empresa de consultoria disponibiliza gratuitamente quatro cursos on-line: liderança e inovação em uma economia digital; aplicações de data analytics (business analytics); contabilidade e gestão de custos e compliance, ética corporativa e prevenção a fraudes. Interessados ainda poderão usar esses cursos como créditos dentro de um MBA on-line. Os alunos que concluirem os cursos gratuitos e forem aprovados, poderão optar por realizar um pagamento para receber o certificado de conclusão. Acesse

VTX LAB
Plataforma on-demand 100% gratuita que capacita profissionais da área da beleza, com foco em cabeleireiros iniciantes ou veteranos que buscam especialização. Alguns dos cursos são: tricologia, penteados (Módulos 1 e 2), cortes (Módulos 1 e 2), visagismo, escovação e modelagem. Disponível em 
www.bellizcompany.com.br/vtxlab
 

Resultados Digitais
A RD University, divisão de educação da empresa de marketing digital e resultados digitais, disponibiliza acesso gratuito a dois cursos da plataforma. Cada curso tem duração de seis horas e 30 minutos. Interessados podem finalizar as formações até o fim de maio. As capaçitações abertas são: fundamentos de inbound marketing para gestores e fundamentos de inside sales para vendedores. Acesse

Toro Investimentos
Quer aprender sobre finanças pessoais? Acesse videoaulas gratuitas da Toro Investimentos. O objetivo e ajudar o público a se organizar e manter a vida financeira em ordem, sem que o aluno precise sair de casa. O curso jogo da vida é organizado em seis módulos com mais duas aulas bônus. Os conteúdos tratam de como tirar planos do papel, fazer um bom orçamento familiar, administrar gastos, investir, planejar aposentadoria, entre outros assuntos. As aulas são ministradas pela educadora financeira Livia Medeiros. Acesse

Confira ainda cursos livres oferecidos por gigantes da tecnologia:

Microsoft — mva.microsoft.com
Samsung — codeiot.org.br
 
Verde Ghaia
A consultoria ambiental oferece seis cursos on-line gratuitos nas áreas de gestão, meio ambiente, qualidade e segurança de alimentos. Todos os programas de aperfeiçoamento garantem a emissão de certificados. Confira os temas: ISO 14001:2015 — o que mudou? (gestão ambiental); ISO 9001:2015 — o que mudou? (gestão da qualidade); direito ambiental para não advogados (gestão ambiental); coleta seletiva (gestão ambiental); ISO 22000:2018 — o que mudou? (gestão da qualidade) e vendas — a ciência da persuasão (vendas). Acesse

Intelbras
A Indústria Brasileira Desenvolvedora de Tecnologias oferece 157 cursos on-line gratuitos para aqueles que estejam interessados em se aperfeiçoar profissionalmente durante a pandemia do novo coronavírus. Os treinamentos são focados em gestão de negócios, vendas e atendimento ao cliente e têm carga horária que varia de 15 minutos a 25 horas. Os estudantes recebem certificados após a conclusão. Há 33 cursos focados em gestão de negócios, vendas, marketing e atendimento ao cliente, nos quais o estudante amplia a estratégia e a visão de business. Outros 124 são cursos técnicos em nível inicial, intermediário e avançado nas áreas de segurança, redes, comunicação, controle de acesso, energia, prevenção a incêndio e iluminação. Acesse

V4 Company
A V4 Company, assessoria de marketing que aprimora e potencializa o processo de vendas pela internet, está disponibilizando o curso cientista do marketing digital de forma gratuita. Até esta segunda-feira (30/3), qualquer pessoa poderá aprender fundamentos do marketing, estratégias de negócios e vendas, gerenciamento de projetos, Business Intelligence, conceitos de tráfego, engajamento e conversão e como a neurociência pode ser aplicada ao marketing. Inscrições pelo link
 
Juros Baixos
A fintech, que tem como missão facilitar e guiar decisões financeiras inteligentes, oferece o curso de planejamento financeiro, disponível no link jurosbaixos.com.br/educacao/curso/introducao/veja-aqui-primeiro. Também é possível aprender mais sobre finanças pessoais no canal do Youtube (youtube.com/jurosbaixos) ou no perfil do Instagram (@jurosbaixos).

HeroSpark
A solução para empreendedores digitais permitirá que qual

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação