Matrículas para estudantes da rede pública começam na terça-feira

Inscrições para o ano letivo de 2019 na rede pública se estenderão até 31 de outubro. Secretaria de Educação reforça a importância da emissão do CPF dos estudantes para facilitar processo de registro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/09/2018 07:00

Ed Alves/CB/D.A Press - 30/7/18
Começa na terça-feira o período de matrículas para o ano letivo de 2019 na rede pública de ensino do Distrito Federal. As inscrições valem para a educação infantil e para os ensinos fundamental e médio. O prazo termina em 31 de outubro para quem optar por realizar o procedimento pelo site da Secretaria de Educação (www.se.df.gov.br) e o resultado será divulgado no portal da pasta, em 20 de dezembro, a partir das 18h.

Os responsáveis por alunos com deficiência, Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD) ou Transtorno do Espectro Autista (TEA) e por crianças menores de 4 anos não precisarão acessar a internet para realizar as matrículas. As inscrições para estudantes com algum tipo de deficiência ou transtorno ocorrerão de 1º a 11 de outubro, na Unidade de Planejamento da Coordenação Regional de Ensino de preferência do responsável pelo aluno. Nesses casos, será necessária a apresentação de um laudo médico da criança ou do adolescente. Para as creches, destinadas a bebês de 0 a 3 anos, as matrículas permanecem abertas durante todo o ano, 24 horas por dia, por meio do telefone 156.

Para os alunos da educação infantil e dos níveis fundamental e médio, o período de inscrição por telefone vai de 2 a 23 de outubro. Ainda que a rede atenda a todos os estudantes do Distrito Federal, aqueles que não realizarem as inscrições até 31 de outubro não terão a vaga assegurada na instituição de ensino escolhida.

Procedimentos


Para o registro via internet, será necessário que o estudante tenha Cadastro de Pessoa Física (CPF). Além disso, ele ou o responsável devem fornecer dados, como nomes completos e sem abreviações, a série ou o ano pretendidos e o Código de Endereçamento Postal (CEP) da residência do aluno ou do trabalho dos responsáveis. O dado permite que a escola selecionada fique próxima a um dos dois endereços cadastrados.

Segundo o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho, o ideal é que as matrículas sejam feitas o mais breve possível. “É muito importante que as famílias procurem realizá-las com antecedência para que não haja congestionamento à medida que o encerramento do prazo se aproxime”, reforça. Ele ainda ressalta que a emissão do CPF dos alunos facilitará não apenas no processo de registro escolar como no de retirada do Passe Livre Estudantil.

O cadastro dos estudantes também poderá ser feito pelo celular e a seleção da escola priorizará o endereço informado no ato da matrícula. Apesar disso, após a divulgação dos resultados, os alunos e responsáveis podem tentar vagas remanescentes em outras instituições de ensino. “Essa etapa ainda será definida, mas o registro pela internet estará sempre aberto. Nosso objetivo é garantir que nenhuma criança ou adolescente fique de fora”, explicou o secretário.

"É muito importante que as famílias procurem realizá-las com antecedência para que não haja congestionamento à medida que o encerramento do prazo se aproxime”

Júlio Gregório Filho, secretário de Educação

Confira onde efetuar as matrículas, para cada grupo escolar

Alunos da educação infantil e ensinos fundamental e médio

Pelo site www.se.df.gov.br, de 18 de setembro a 31 de outubro
Pelo Telematrícula (telefone 156), de 2 a 23 de outubro

Creches (crianças de 0 a 3 anos)

Durante todo o ano, 24 horas por dia, pelo Telematrícula

Estudantes com deficiência ou algum tipo de transtorno

Nas Unidades de Planejamento das Coordenações Regionais de Ensino de
preferência dos responsáveis, de 1º a 11 de outubro

Resultados

Pelo site www.se.df.gov.br, de 20 de dezembro, a partir das 18h

Renovação de matrícula

Na secretaria da unidade de ensino, de 8 a 19 de outubro

Remanejamento escolar

Na secretaria da unidade de ensino, de 22 de outubro a 1º de novembro


Remanejamento de estudantes com deficiência

Na secretaria da unidade de ensino, de 1º a 11 de outubro