Publicidade

Correio Braziliense

Fórum Mundial da Água: está aberta a temporada de descobertas

Vila Cidadã terá experiências sensoriais em diferentes ambientes do Planeta; exposições fotográficas e palestras. Governador entregou primeiro ônibus elétrico da Capital e anunciou ampliação de bikes compartilhadas


postado em 17/03/2018 10:21 / atualizado em 17/03/2018 12:07

Área da Vila Cidadã ocupa 10 mil metros quadrados (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Área da Vila Cidadã ocupa 10 mil metros quadrados (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, deu início às atividades da 8ª edição do Fórum Mundial da Água. A solenidade aconteceu na manhã deste sábado (17/3), na inauguração da Vila Cidadã, espaço gratuito montado no estacionamento do Estádio Mané Garrincha, que contará com exposições lúdicas repletas de tecnologia, palestras, cinema e apresentações artísticas. As demais atividades começam neste domingo (18/3), com a abertura oficial do evento. 

Até o último dia da programação, na sexta-feira (23/3), cerca de 45 mil pessoas devem passar pela Vila Cidadã, no Mané Garrincha e no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, onde ocorrerão dos debates. “É o maior evento do mundo para debater o tema água. Esperamos ter presença de bastante crianças, jovens e adultos, cada um trazendo a sua contribuição para que tenhamos um futuro melhor”, convidou Rollemberg.

A entrada da Vila Cidadã é gratuita, mas, para entrar, é preciso se inscrever no site oficial do Fórum Mundial. Também é possível se cadastrar também na entrada do evento, mas pode haver fila. Na primeira manhã do evento, diversos grupos de escolas do Distrito Federal vieram conferir a convenção, que é realizada desde 1997, mas só agora chegou a uma cidade do Hemisfério Sul.

Na abertura da vila, além do governador do DF, estiveram presentes o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Igor Tokarski, o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, e o Presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, que está à frente da organização do 8º Fórum, entre outros.

Sustentabilidade

A Avenida Olhos D’Água, logo na entrada para a Vila Cidadã, funcionará todos os dias, das 9h às 21h. A atração conta com fotografias de grandes rios do planeta e é uma introdução ao tema do evento. Dentro do local, neste sábado (13/3) funcionam durante todo o dia o Espaço de Imersão, o Green Nation, os filmes do Voz do Cidadão, o Espaço Brasília e o Espaço Kids.

O cinema da vila exibirá 18 longas e 25 curtas nacionais e estrangeiros com histórias que remetem à conservação e uso da água. Ao fim, o Green Film Festival premiará as melhores produções, com votos vindos do público e de um júri internacional.

Um dos pontos mais esperados é o Green Nation, que ocupará 2,7 mil m² da vila com nove instalações, tratando os temas água e sustentabilidade por meio de experiências interativas e sensoriais. Espaços como o da instalação Submarino, farão o público imergir no fundo do mar tendo contato com a fauna e flora marinha. "Na Vila Cidadã as pessoas vão ter oportunidade de conhecer todos os biomas existentes, saber como é o ciclo da água e certamente ter uma consciência maior da importância da água", explicou Rollemberg.

Visitantes

Para atender os mais de 20 mil turistas que devem chegar a Brasília para o 8º Fórum, o governo lançou o cartão +Turista, que visa facilitar a locomoção de quem visita a Capital. O cartão possibilitará a utilização dos ônibus e metrôs do DF, e poderá ser retirado por visitantes no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Mobilidade

Rollemberg aproveitou a abertura da Vila Cidadã para anunciar a entrega o 1º ônibus elétrico do DF, que começa a rodar em abril deste ano. O veículo reduz cerca de 1,8 toneladas de CO2. Para absorver essa quantidade de gás tóxico, seria necessário o trabalho de 11 árvores. O ônibus irá operar a linha 110 da Universidade de Brasília, e o Governo espera entregar mais um ônibus elétrico até o fim do ano.

Além disso, o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, anunciou que o Banco de Brasília (BRB) e a MasterCard são as novas patrocinadoras do sistema de bicicletas compartilhadas, Bike. E que a UnB receberá mais duas novas estações. Para o 8º Fórum, mais 20 bicicletas foram disponibilizadas para atender a população.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade