Publicidade

Correio Braziliense

Na abertura da Vila Cidadã, Rollemberg confirma fim do racionamento para este ano

DF recebe o maior evento do mundo sobre água enquanto enfrenta rodízio de abastecimento hídrico


postado em 17/03/2018 17:41 / atualizado em 17/03/2018 17:41

"Podemos afirmar que ao longo deste ano teremos volume das águas suficientes para suspender o racionamento com segurança%u201D, garantiu o governador na abertura da Vila Cidadã. (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
Em tempos de crise hídrica, Brasília recebe o 8º Fórum Mundial da Água, que abriu a semana de programação neste sábado (17/3), e segue até a próxima sexta-feira (23/1). O tema
racionamento de água, medida adotada pelo governo do DF para controlar o gasto de água e, assim, minimizar o impacto nas reservas que abastecem a região, não ficou de fora da abertura da Vila Cidadã, no Estádio Nacional Mané Garrincha. O governador Rodrigo Rollemberg voltou a garantir que ao longo deste ano terá condições de suspender o rodízio de abastecimento, que se perdura na capital federal há mais de 14 meses. 

A data efetiva de quando os dias de torneira seca chegarão ao fim ainda é incerta. "Tivemos inauguração de novas obras no ano passado (captações do Lago Paranoá e do Bananal)  e outras ainda virão (Corumbá IV). Elas estão fazendo mais água entrar no sistema, além da preciosa colaboração da população do DF, que se conscientizou e reduziu o consumo. Com isso, podemos afirmar que ao longo deste ano teremos volume das águas suficientes para suspender o racionamento com segurança”, garantiu. 

No domingo (18/3), a Vila Cidadã recebe uma roda de conversa para debater a crise hídrica no Distrito Federal. O evento, que ocorrerá das 14h30 às 16h na Arena das Águas, contará com participação de agências reguladoras e especialistas em gestão hídrica. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade