Publicidade

Correio Braziliense

Região onde ocorre o 8º Fórum Mundial da Água não terá racionamento esta semana

Caesb não fará o corte de água que estava programado para quinta-feira (22/3) no Setor de Divulgação Cultural


postado em 18/03/2018 13:45 / atualizado em 18/03/2018 14:19

A medida ocorre para garantir o abastecimento hídrico durante o evento (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A medida ocorre para garantir o abastecimento hídrico durante o evento (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A região de Brasília que recebe as atrações do 8º Fórum Mundial da Água terão uma trégua no racionamento esta semana. O corte que estava programado para acontecer na quinta-feira (22/3), no Setor de Divulgação Cultural, onde ficam o Estádio Nacional de Mané Garrincha e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, não ocorrerá. "O objetivo é assegurar o abastecimento hídrico durante o Fórum", garantiu o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), Maurício Luduvice. 

O presidente da companhia negou que as áreas dos setores hoteleiros Norte e Sul, que devem receber mais de 20 mil turistas durante o Fórum, também terão uma trégua no racionamento. "Só iremos interromper o corte nos locais que recebem eventos. É importante assegurar que a própria administração do Fórum tem um cuidado com o consumo excessivo de água, não haverá excessos”, garantiu. 

Na manhã deste sábado (17/3), o governador Rodrigo Rollemberg garantiu que o racionamento de água chegará ao fim em todo Distrito Federal ainda em 2018. "Podemos afirmar que ao longo deste ano teremos volume das águas suficientes para suspender o racionamento com segurança”, garantiu em discurso na abertura da Vila Cidadã. 

Em medição na tarde deste domingo (18/3), o reservatório do Descoberto chegou a 67,5% e o de Santa Maria a 46,4%. Os números ainda são inferior aos de antes da crise hídrica. Em 2016, nesta mesma data, eles marcavam, respectivamente, 100% e 82,3%

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade