Publicidade

Correio Braziliense

Diretor da ONU: recuperação do Rio Doce é ideia para ser compartilhada

Erik Solheim, afirmou que o processo de recuperação das cidades destruídas pelo rompimento de uma barragem na Bacia do Rio Doce (MG), em 2015, deveria ser compartilhado com outros países


postado em 19/03/2018 17:06

(foto: Fred Loureiro/Secom ES)
(foto: Fred Loureiro/Secom ES)
 
O diretor-executivo da Organização das Nações Unidas (ONU), Erik Solheim, afirmou que o processo de recuperação das cidades destruídas pelo rompimento de uma barragem na Bacia do Rio Doce (MG), em 2015, deveria ser compartilhado com outros países. Solheim esteve na conferência de ministros do 8º Fórum Mundial da Água, nesta segunda-feira (19/2), em Brasília, após voltar de uma viagem a Minas Gerais.

"O estado teve o maior desastre ambiental da história do país, uma verdadeira tragédia. Por sorte, não foram registradas muitas perdas humanas, mas os recursos hídricos foram devastados. A população brasileira lidou muito bem com isso, aplicando um sistema inovador. A conjunção dos governos estaduais com o governo federal e a sociedade civil ajudaram nessa busca por solução. Os brasileiros lidaram muito bem com isso", disse o diretor-executivo da ONU.

Erick disse que "o resultado alcançado ali é muito encorajador" e que "serve como exemplo a nível internacional". A solução de problemas adversos, acredita o executivo, "ainda é um desafio". "Essa tragédia da barragem na Bacia do Rio Doce foi enorme, mas vocês superaram. As limpeza de resíduos e a recuperação das cidades, por exemplo, pode ser feita em outros casos, dependendo da necessidade. É uma ideia para ser levada para o mundo todo".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade