Publicidade

Correio Braziliense

Fake news, verificação de entrevistas e bate-papo: o mês do Holofote

Equipe do primeiro núcleo de checagem de fatos do Distrito Federal faz um balanço do trabalho desde a estreia, em 1º de janeiro

Compartilhar

postado em 01/02/2019 17:13 / atualizado em 01/02/2019 17:15

O primeiro mês do ano também foi de estreia para o Holofote. Nesta sexta-feira (1/2), parte da equipe do núcleo de checagem apareceu em um vídeo ao vivo para fazer um balanço do trabalho realizado em janeiro. Ao longo do período, foram verificadas entrevistas dadas por distritais, senadores e deputados federais eleitos, além do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão.

 

O Holofote também checou diversas notícias falsas em circulação nas redes sociais, com desinformação sobre planos de saúde, verba para carnaval e paradas LGBT e sistema de transporte por aplicativo. O núcleo também publicou no site duas entrevistas: Sérgio Lüdtke, especialista em novos empreendimentos digitais; e Pollyana Ferrari, jornalista, professora e autora de Como sair das bolhas, livro que inspirou a criação do Holofote.

 

Confira o papo da nossa equipe sobre os acontecimentos do mês:

 

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


↑Topo