Publicidade

Correio Braziliense

Mensagem alertando para golpe de multas falsas não é do Detran

O órgão afirma que não se comunica com os condutores por meio de e-mail ou WhatsApp

Compartilhar

postado em 19/02/2019 11:59 / atualizado em 19/02/2019 12:13

 

Uma mensagem, supostamente escrita pela assessoria de imprensa do Detran (sem especificar de qual estado), tem circulado por grupos de Whatsapp nos últimos dias. Nela, há um alerta de que um golpe tem sido aplicado com frequência. O estelionato trata-se do envio de multas falsas por meio de boletos com código de barras adulterados para a residência de donos de veículos. Assim, o pagamento do contribuinte cai direto na conta dos golpistas.

 

Após uma rápida pesquisa na internet, o Holofote descobriu que o brasão é do Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro. A reportagem, então, entrou em contato com a assessoria de imprensa do órgão, que respondeu da seguinte maneira: “O Detran informa que não envia comunicados via e-mail ou Whatsapp. O departamento orienta aos usuários que não repassem fake-news”.

 

O Holofote também entrou em contato com o Detran do Distrito Federal. A resposta foi a seguinte: “A mensagem a qual você se refere não foi veiculada pelo Detran-DF. Com a notícia de que em outros estados condutores têm recebido em casa boletos falsos de multas, o Detran-DF recomenda que, ao receber uma multa, o proprietário cheque no site da autarquia a veracidade daquela autuação. Para isso, basta acessar www.detran.df.gov.br e clicar no menu ‘consulta débitos de veículos’. A recomendação visa evitar que os proprietários de veículos registrados no DF também sejam vítimas de golpes aplicados por estelionatários.

 

(foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)

 

A mensagem com foto acima que tem circulado em grupos de WhatsApp é falsa.

Porém, o golpe existe. E não é tão recente assim. Só em 2015, o site do Governo de São Paulo, o G1 e o IG, entre outros, alertaram para o crime.

 

Checagem de Igor Silveira

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


↑Topo