Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro como personagem de almanaque de férias francês? Sim, é verdade

Em uma das atividades, o desafio é descobrir se frases são do presidente ou de representantes do Partido Nazista. Ilustração tem Hitler no lugar do Cristo Redentor

Compartilhar

postado em 28/08/2019 14:15 / atualizado em 27/08/2019 22:21

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
A verborragia do presidente Jair Bolsonaro faz eco na Europa. O famigerado deboche parisiense mirou no presidente da França, Emmanuel Macron, mas atingiu também o chefe do Palácio do Planalto. Pois é. Bolsonaro virou personagem de um almanaque de férias, cadernos de atividades para adultos bastante comuns naquele país. Esse tipo de publicação oferece diversos passatempos e cruzadinhas repletos de irreverência e ironia.

No "exercício" em que aparece o presidente brasileiro, é preciso identificar, entre sete frases, aquelas ditas por Bolsonaro ou por representantes do Partido Nazista — uma delas é: "Eu seria incapaz de amar um filho homossexual". Ao lado de cada afirmação, há um quadradinho a ser preenchido. Além disso, o quiz acompanha uma ilustração de Adolf Hitler no lugar do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Veja:

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)

No Brasil, apenas a página dedicada a Bolsonaro circulou nas redes sociais, principalmente no Facebook, a partir de publicação feita pelo perfil Imagens & História 2.0. Apesar de provocar dúvidas nos internautas, o almanaque de férias francês com a citação ao presidente do Brasil existe e é vendido em bancas e livrarias de Paris, como apurou o Holofote. Trata-se de Le cahier de vacances de Manu (O caderno de férias de Manu, em tradução livre), de Guillaume Meurice e Charline Vanhoenacker, com ilustrações de Cami. Na capa, há uma caricatura de Macron na praia, sem camisa, de gravata e com os pés afundados na areia. Veja:

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)

Em tempo: o "Manu" do título faz referência ao apelido de Macron, pouco ou nada admirador de tal informalidade — em junho do ano passado, o presidente francês repreendeu publicamente um garoto por chamá-lo dessa forma. Veja o vídeo aqui.

Logo na introdução do almanaque, fica evidente o tom irreverente das atividades:

"Oiem! Nesses últimos tempos, Senhor Manu trabalhou muito para reformar sua empresa, nosso lindo país, e teve problemas por causa dos malvados de coletes amarelos que só o incomodaram.

Agora, chegou a hora de ele ir descansar na piscina da sua grande casa, então, você tem que participar e ajudá-lo.

Encontre as armadilhas dos preguiçosos, dos cínicos e dos extremos e faça as suas férias great again."

No geral, a cada página, sobram sopapos para todos os lados. Além de Bolsonaro, são ridicularizados, em exercícios e passatempos, líderes de outros países, como Donald Trump (Estados Unidos) e Benjamin Netanyahu (Israel). Confira:




* Na França, também há almanaques de férias com atividades para crianças e adolescentes, mas sem a pegada irreverente e crítica como os dos adultos. As publicações infanto-juvenis se baseiam no programa oficial das escolas, aprovado pelo Ministério da Educação francês

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


Informações conflitantes impedem a comprovação dos dados apresentados


Topo