Publicidade

Correio Braziliense

É falso! Políticos brasileiros não incentivaram a invasão da Amazônia

Manifesto publicado em jornal francês foi usado para desinformar que 10 personalidades do Brasil teriam defendido, ainda, a internacionalização da floresta

Compartilhar

postado em 02/09/2019 14:25 / atualizado em 01/09/2019 20:43

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Políticos brasileiros da oposição defendem a invasão da Amazônia? E ainda encaminharam um documento reforçando tal posição à cúpula do G7? Muita calma, pois, várias informações desencontradas foram divulgadas a partir de um manifesto publicado em jornal da França. A mensagem falsa, em circulação nas redes sociais, principalmente no WhatsApp, "denuncia" que 10 personalidades do Brasil, entre parlamentares e líderes sindicais, integram lista de signatários de "pedido para que o G7 'tomasse a Amazônia do Brésil'". Veja:


O que tem de verdade em tudo isso, no entanto, são os nomes que aparecem na fake news. De fato, esse grupo de políticos brasileiros fez parte de um coletivo, ao lado de 41 personalidades francesas, a maioria políticos de oposição ao presidente francês, Emmanuel Macron, que publicou um texto, em francês, no jornal Libération, em 27 de julho A data coincide com a visita do ministro de Europa e Assuntos Estrangeiros da República Francesa, Jean-Yves Le Drian, ao Brasil. A publicação pode ser conferida na íntegra aqui.

Na prática, o manifesto sugere que a França rejeite o livre comércio entre a União Europeia e o Mercosul — "o acordo prejudicará gravemente o desenvolvimento econômico e social do Brasil e de outros países da América Latina" — e também denuncia o aumento de 88% do desmatamento da Amazônia desde 2018 — "esperamos que Jean-Yves Le Drian tenha reservado em sua agenda uma visita à Floresta Amazônica". Em nenhum momento, no entanto, o texto prega medidas de internacionalização ou de invasão da Amazônia, como tenta emplacar a desinformação.

Agência Lupa e o Aos Fatos fizeram verificação semelhante.

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


Informações conflitantes impedem a comprovação dos dados apresentados


Topo