Publicidade

Correio Braziliense

É mentira: bares e restaurantes não estão fechados por ordem do GDF

As restrições descritas a esses estabelecimentos se resumem apenas ao distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas. Nada além disso, pelo menos por enquanto

Compartilhar

postado em 17/03/2020 16:20 / atualizado em 17/03/2020 18:16

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O Governo do Distrito Federal (GDF) publicou, até o momento, quatro decretos restringindo serviços e atividades como forma de evitar aglomerações de pessoas e reduzir as chances de contaminação da população com o novo coronavírus. Nenhuma determinação, no entanto, estabelece o fechamento de restaurantes e bares. Mas mensagem nas redes sociais desinforma a população a respeito do assunto. Veja:

(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)

O Correio entrou em contato com a assessoria do governo e confirmou que o comunicado é falso. De acordo com o GDF, não há previsão de que a medida seja tomada.

Até o momento, os decretos do GDF suspenderam as aulas das redes pública e privada, interromperam o Passe Livre Estudantil, bloquearam o funcionamento de academias, instituíram o bolsa-alimentação para alunos da rede pública e cancelaram eventos que precisam da emissão de alvará do governo e que reúnam grupo maior que 100 pessoas.

Bares e restaurantes são citados em uma das normas apenas com a recomendação de manter, na organização das mesas, a distância mínima de dois metros entre elas. Não há punição prevista para os locais que descumprirem a determinação do GDF.

Desde de quinta-feira (12/3), a Defesa Civil vistoria os estabelecimentos só com o intuito de orientar os proprietários a aderir às medidas de contenção do vírus.
 

CB.Poder

Na tarde desta terça-feira (17/3), a indústria das fake news manipulou o leiaute do CB.Poder, blog de Política local do Correio Braziliense. Veja:

 

(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)

 

A imagem usada na desinformação é verdadeira, mas trata-se do encontro do governador Ibaneis Rocha (MDB) com representantes do setor produtivo. A reunião ocorreu na segunda-feira (16/3) e resultou no lançamento de uma linha de crédito especial do Banco de Brasília (BRB) de R$ 1 bilhão para empresários locais. Essa foi  a informação noticiada pelo blog, hoje deturpada para desinformar sobre o fechamento de bares e restaurantes.  

 

 

 

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


Informações conflitantes impedem a comprovação dos dados apresentados


Topo