Publicidade

Correio Braziliense

Aplicativo Covid-19 Tracker? Cuidado com malware que danifica celulares

Fora das plataformas de download oficiais, o app pode ser baixado por links enviados pelo telefone, mas bloqueia dispositivo e exige dinheiro para liberação

Compartilhar

postado em 19/03/2020 15:40 / atualizado em 19/03/2020 15:40

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Na era da tecnologia, a população tem disponíveis vários canais de informação na palma da mão, com aparelhos de celular e tablets. Porém, é preciso filtrar o que vem de fontes confiáveis. Recentemente, uma aplicativo falso evidenciou essa necessidade. O Covid-19 Tracker promete fornecer dados sobre o coronavírus no mundo e chega por links divulgados pelas redes sociais, mas, na verdade, trata-se de um software que bloqueia os aparelhos e exige dinheiro dos usuários.

O vírus fez várias vítimas em Portugal, fazendo com que o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) do país emitisse alertas. "Em face destes casos, é aconselhada extrema prudência no acesso, na recepção e na partilha de conteúdos digitais associados à temática da pandemia Covid-19, devendo dar-se prioridade a fontes oficiais e reputáveis de informação", divulgou o órgão. Veja o alerta na íntegra:
 
(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)


No Brasil, o Sindicato dos Policiais Civis de Goiás também se pronunciou. "O aplicativo falso, na verdade, é um malware que criptografa e bloqueia os celulares. Após hackear, solicita o pagamento em bitcoins para liberação do dispositivo infectado”, detalhou. A quantia exigida é de US$ 100, ou seja, mais de R$ 500. Veja o informe da PCGO:
 
(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)

 
No Distrito Federal, até então, não há ocorrência sobre esse aplicativo, de acordo com a Polícia Civil. Giancarlos Zuliane, Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), informou que esse app tinha sido identificado por vários serviços de segurança da internet, sendo, inclusive, banido da Play Store. 

Para evitar riscos como esse, é necessário analisar o aplicativo antes da instalação. Por padrão, o usuário deve desconfiar de softwares que não estejam cadastrados em plataformas de downloads, como o Google Play ou a App Store, por exemplo. Elas foram desenvolvidas pela Google e pela Apple para dar segurança nas instalações. Aplicativos que precisam ser baixados a partir de outros sites não oficiais são suspeitos.

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


Informações conflitantes impedem a comprovação dos dados apresentados


Topo