Publicidade

Correio Braziliense

Fake news: idosos não estão proibidos de circular no Distrito Federal

Em um dos textos falsos, são previstas multa e suspensão da aposentadoria para pessoas com mais de 60 anos flagradas nas ruas

Compartilhar

postado em 20/03/2020 16:04 / atualizado em 20/03/2020 18:44

(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Após a publicação de vários decretos que têm regulamentado as medidas coletivas de precaução à contaminação e à disseminação do novo coronavírus, dois textos informando a proibição de idosos acima de 60 anos nas ruas e comércios do Distrito Federal passaram a circular nas redes sociais.

Uma das "notícias" refere-se ao Decreto nº 40.538, de 19 de março de 2020 (a norma pode ser conferida na íntegra no site do Palácio do Buriti), que apenas altera as demais normas para incluir o fechamento dos comércios como medida preventiva, à exceção de mercados, padarias, clínicas médicas e farmácias. O Correio apurou e constatou que a informação é falsa. Na capital, não há toque de recolher para nenhuma idade. Veja o texto modificado, repleto de erros de concordância e de pontuação:
 
(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)


O GDF respondeu o seguinte sobre a notícia falsa:
 
"O Governo do Distrito Federal lamenta e repudia, profundamente, a circulação de informações falsas, que só contribuem para confundir e alarmar a população, especialmente diante da pandemia do coronavírus.%u200B"

Multa e aposentadoria suspensa

Outra fake news envolve o governo federal e inventa uma medida provisória que também limitaria a circulação de pessoas acima de 60 anos nas ruas do Brasil. E vai além: quem fosse flagrado teria a aposentadoria suspensa, e filhos e netos seriam multados. Confira:

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)


Tudo, obviamente, não passa de mentira. O Holofote entrou em contato com o Ministério da Economia, que respondeu o seguinte:

"É fake. Mas vale destacar que o atendimento nas agências está suspenso e o segurado não deve sair de casa. Deve usar o Meu INSS ou 135"

E encaminhou esse link para mais informações: https://www.inss.gov.br/segurados-sao-dispensados-da-pericia-medica-presencial


 
 
 

Etiquetas

Informação comprovadamente verdadeira


Informação parcialmente correta, mas precisa de esclarecimentos


Informação comprovadamente incorreta ou falsa


Afirmação ou dado exagerado coloca em xeque a informação


A fonte se valeu de ferramentas digitais para modificar foto, áudio ou vídeo


Contradição ameaça a credibilidade da informação


A equipe precisa de mais tempo para atestar a veracidade das informações


Faltam dados e fontes capazes de comprovar a informação


Informações conflitantes impedem a comprovação dos dados apresentados


Topo