Publicidade

Correio Braziliense

Manifestantes bloqueiam estradas e ferrovias na Índia

 


postado em 26/05/2008 11:22 / atualizado em 26/05/2008 11:23

Jaipur, Índia - As manifestações no oeste da Índia, protagonizadas por uma das castas mais baixas do país, avançaram nesta segunda-feira (26/05) por novas regiões. Após quatro dias de protestos, pelo menos 37 pessoas morreram no Estado do Rajastão, o mais afetado. Dezenas de pessoas ficaram feridas. Os protestos espalharam-se nesta segunda-feira para Uttar Pradesh, no norte da Índia, onde os integrantes da comunidade gujjar pararam trens, bloquearam estradas e interromperam audiências judiciais. Os protestos são protagonizados pela comunidades gujjar. Os integrantes da casta hereditária exigem que ela seja reclassificada para baixo, o que possibilitaria a ela qualificar-se para cotas em universidades públicas e cargos no governo. O governo recusa-se a atender à demanda. Os manifestantes paralisaram o tráfego rodoviário e ferroviário entre Jaipur e cidades como Agra, a capital do Rajastão, e Bombaim, a capital financeira da Índia, disse Rohit Kumar Singh, comissário de informação do Estado. Forças do governo receberam ordens de retirar os participantes que bloquearam estradas e ferrovias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade