Publicidade

Correio Braziliense

Operação de resgate foi 100% colombiana

 


postado em 03/07/2008 08:11 / atualizado em 03/07/2008 08:40

BOGOTÁ - A operação que permitiu o resgate de 15 reféns das Farc foi 100% colombiana, apesar dos Estados Unidos terem auxiliado em ajustes prévios, afirmou o ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos. Entrevistado sobre o papel de Washington na operação de quarta-feira, Santos respondeu "nenhum" e completou: "Esta foi uma operação 100% ciento colombiana". A operação resgatou a política Ingrid Betancourt, os americanos Thomas Howes, Marc Gonsalves e Keith Stansell - ligados ao Departamento de Defesa de seu país - e 11 militares e policiais colombianos. "Nós informamos ao embaixador (americano em Bogotá, William Brownfield) porque havia uma promessa do presidente Alvaro Uribe de comunicar ao presidente George W. Bush qualquer tipo de operação", disse o ministro ao canal Caracol. "Nós informamos e pedimos que nos ajudasse com algumas pessoas para testar as teorias que tínhamos e eles nos ajudaram um pouco a calibrar certas coisas, mas à margem. A verdade é que foi uma operação 100% colombiana, inclusive toda a inteligência foi colombiana", insistiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade