Publicidade

Correio Braziliense

Russos ortodoxos recordam o aniversário de 90 anos da morte do último tzar

 


postado em 15/07/2008 15:35 / atualizado em 15/07/2008 15:35

Centenas de fiéis russos ortodoxos se reuniram nesta terça-feira (15/07), em Ekaterinburgo, para comemorar o 90º aniversário da morte do último tzar da Rússia, Nicolau II. Os seguidores encheram a Igreja do Sangre Derramado, o santuário erguido no local onde Nicolau II, sua esposa e seus cinco filhos foram executados pelos bolcheviques em 1918 em Ekaterinburgo. "Nicolau amava seu povo. Ele levantou a Rússia e fez da Rússia uma grande potência", declarou religiosa Nina, de 71 anos. A imagem da família do tzar mudou depois da queda da União Soviética e quando a Igreja Ortodoxa canonizou seus membros. Ekaterinburgo é o lugar central das comemorações, cujo momento mais importante será na quinta-feira, data exata dos 90 anos da execução. Não está prevista a presença do presidente russo Dimitri Medvedev, levando em conta a atitude prudente a respeito dos temas soberanos de seu predecessor Vladimir Putin.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade