Publicidade

Correio Braziliense

Morre o saxofonista de jazz Johnny Griffin

 


postado em 25/07/2008 11:12 / atualizado em 25/07/2008 11:19

PARIS - O saxofonista de jazz americano Johnny Griffin, conhecido como "O pequeno gigante" e que atuou, entre outros, com Lionel Hampton e Art Blakey, morreu nesta sexta-feira (25/07), aos 80 anos de idade, no centro da França, onde vivia há 20 anos, informou seu agente. Johnny Griffin devia se apresentar na tarde desta sexta junto à organista americana Rhoda Scott, o saxofonista francês Olivier Temime e a baterista Julie Saury. Depois de seus estudos musicais na DuSable High School de Chicago, sua cidade natal, Johnny Griffin se uniu, em 1945, à orquestra de Lionel Hampton, com quem atuou até 1947, data em que passou a tocar com o trompetista Joe Morris. Durante os anos 1950 integrou várias orquestras, entre as quais a Jazz Messengers de Art Blakey, além de trabalhar com Nat Adderley, Thelonious Monk e John Coltrane. Em 1962, mudou para a França e depois morou na Holanda, antes de voltar de novo a Paris. Os especialistas em jazz descrevem Johnny Griffin como um "saxofonista de lirismo incisivo e com uma gama musical entre as mais contrastadas graças a uma técnica muito acima da média".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade